Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Previsões da Comissão Europeia — Idealista/notícias

Previsões da Comissão Europeia — Idealista/notícias

Comissão Europeia (CE) Apresentou as suas previsões macroeconómicas para o outono de 2022 e 2023 e, no geral, não trouxe boas notícias para Portugal. A Comissão Europeia reviu a taxa de inflação em alta para 8% em 2022, embora seja inferior à média da zona euro (8,5%). Embora o crescimento económico de Portugal tenha sido revisto em alta para 6,6% este ano, a previsão do défice do PIB manteve-se em 1,9%. Para 2023, embora se preveja uma redução da inflação e dos défices, as previsões indicam que a economia portuguesa crescerá apenas 0,7%. Este é o cenário perspetivado para toda a Europa, já que se espera uma forte contracção da economia europeia no próximo ano, o que colocará muitos países em recessão. Vamos dar uma olhada mais de perto nos detalhes sobre Inflação, PIB e défice em Portugalcom foco em detalhes e expectativas da Comissão Europeia.

Taxa de inflação em Portugal deverá atingir 8% em 2022

A Comissão Europeia reviu em alta as suas previsões Taxa de inflação em Portugal atingirá 8% em 2022. Esta é uma estimativa mais pessimista do que a do governo socialista de António Costa (7,4%). Recorde-se que a inflação em Portugal atingiu 10,1% em outubro deste ano, segundo o Instituto Nacional de Estatística do país.

Num momento de grave crise energética, que Preços da energia pressionam a inflaçãoo Executivo da UE reviu as estimativas do Índice de Preços no Consumidor (IPC) para os próximos anos, não só para Portugal, mas também para a Europa:

  • Portugal: A inflação atingirá 8% em 2022 e 5,8% em 2023;
  • Zona Euro: 8,5% este ano e 6,1% no próximo;
  • União Europeia (União Europeia): 9,3% este ano e 7% em 2023.
READ  Modena: Licença de táxi reduzida (15 mil euros) se elétrico ou…

apenas em 2024 A Comissão Europeia reconhece este É possível que a inflação caia para níveis mais estáveis: Na Zona Euro em 2,6% e na União Europeia em 3,0%, o que está próximo do objectivo do Banco Central Europeu de alcançar a estabilidade de preços, ou seja, atingir uma taxa de inflação de 2%. até aquele momento, Esperam-se novos aumentos de preços Um sinal do regulador liderado por Christine Lagarde para conter o aumento generalizado dos preços.

O crescimento económico europeu irá contrair-se em 2023

Relativamente ao crescimento do PIB de Portugal, o Executivo da UE reviu a sua estimativa em alta para 6,6% em 2022. Mas espera isso. Em 2023, a economia portuguesa crescerá apenas 0,7%Isto é muito inferior às suas expectativas anteriores e muito inferior às expectativas do governo.

Bruxelas também reviu as suas previsões de crescimento para este ano na Europa. Depois de um desempenho melhor do que o esperado no primeiro semestre do ano, espera agora um crescimento do PIB de 3,2% na zona euro e de 3,3% na UE – em comparação com as previsões de 2,6% e 2,7%, respetivamente, há quatro meses.

Destaca também o clima de grande incerteza, para o qual deverá “lançar” a crise dos preços da energia e a perda de poder de compra. Recessão no último trimestre deste ano Na União Europeia, na zona euro e na maioria dos Estados-membros, cenário que poderá continuar até ao primeiro trimestre de 2023, a Comissão Europeia espera agora uma forte contracção da economia europeia no próximo ano. As previsões de Bruxelas para 2023 não são animadoras, pois espera que o PIB cresça apenas 0,3%, enquanto no verão estava confiante de que aumentaria 1,4% na zona euro e 1,5% na União Europeia, apesar da guerra na Ucrânia .

READ  “Somos prisioneiros de fuga bloqueados por dez horas.”

O défice do PIB de Portugal deverá diminuir em 2023

A Comissão Europeia esperava Este ano um défice de 1,9% do PIB portuguêsMantendo a estimativa anterior e sempre em linha com as expectativas do governo. Há também um ligeiro ajuste para cima para o ano de 2023 permanecer em 1,1%.

Estas proporções comparam-se com uma Expectativas de um saldo negativo das finanças públicas na área do euro equivalente a 3,5% do PIB este ano E 3,7% do PIB no próximo ano. Para o conjunto da União Europeia, 3,4% do PIB em 2022 e 3,6% do PIB em 2023, segundo dados publicados no início de novembro.

para 2024Bruxelas espera um défice de 0,8% do PIB em Portugal, 3,3% do PIB na zona euro e 3,2% do PIB na União Europeia.

Finanças públicas [in Portogallo] Deve melhorar gradativamente Ao longo do horizonte esperado, com um défice das administrações públicas de 1,9% do PIB em 2022, 1,1% em 2023 e 0,8% em 2024.

no que diz respeito aos Dívida públicaA instituição diz esperar que a dívida pública atinja 115,9% do PIB em Portugal em 2022, 109,1% do PIB em 2023 e 105,3% do PIB em 2024.

Apreciação é isso Dívida pública na área do euro deverá atingir 93,6% do PIB este ano92,3% do PIB no próximo ano e 91,4% no ano seguinte, enquanto para a UE como um todo os números são de 86%, 84,9% e 84,1%, respectivamente.