Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Martin vence e Bagnaia é quinto

Martin vence e Bagnaia é quinto

21h32 – Martin cancela match point de Bagnaia

(Paolo Lorenzi) Obra-prima de Martin, vence partindo da segunda linha e reduz pela metade a diferença para Bagnaia, quinto após uma corrida na defesa. Começaram lado a lado no Qatar, Pico e Jorge, e disputaram duas corridas frente a frente. O agressivo piloto da Pramac desde a primeira curva fez um mergulho livre oficial da Ducati durante onze voltas. Martin iniciou o duelo com um ataque decisivo a Bagnaia na segunda volta, que sofreu em resposta à ultrapassagem na Malásia: “Ele tentou resistir por fora, tocou-nos, sinto muito – explicou Martinator -, mas foi assim foi. Sabia que tinha mais.” Três voltas depois, Jorge já estava na frente, tendo ultrapassado Luca Marini e Alex Márquez. Exasperado com o contra-ataque, depois de uma sexta-feira passada a tentar resolver o puzzle dos pneus, e de uma qualificação tensa. Bagnaia sofreu o golpe, e não conseguiu encontrar um ritmo ou mesmo uma forma de tentar a ultrapassagem.

Eles não desistiram um metro à sua frente. Parabéns a Marini, que terminou no pódio em terceiro lugar, e aos pilotos da Gresini, Alex Márquez e especialmente Di Giannantonio que apanhou Martin na final, mas sem poder atacá-lo, foram muito bons. Martinho fazia melhor tudo o que podia para acompanhar os romanos. Vitória merecida, suado e feliz, ao perceber que deu um salto decisivo na classificação, pois anulou o primeiro match point para Bagnaia (o campeonato será decidido em Valência), Martin comemorou dramaticamente, enquanto Pico se dirigia para na área, aparentemente imperturbável, mas o filme que ele tinha em mente antes do início era completamente diferente. «A situação difícil – a sua história -. Estou com raiva, esta manhã estava andando mais rápido com um pneu gasto, e esta noite a moto estava escorregando para todo lado. Sete pontos perdidos.” Na qualificação, o piloto oficial da Ducati estava atrás de Martin, mesmo que por uma pequena margem, e parecia que ele tinha a situação sob seu controle. Agora sua direção estava começando a vacilar. A diferença foi reduzida pela metade , e ele é forçado a mudar de marcha esta noite. Martin recuperou a forma Que parecia ter perdido na Malásia, Bagnaia parece ter retornado com duas corridas pela frente, forçado a enfrentar a audácia de seu rival. Em qualquer caso, parece como uma comparação destinada a ser feita na batalha entre Ducatis. Com cinco dos carros Desmosedicis entre os cinco primeiros, confirma O fabricante de Borgo Panigale tem uma excelente relação com o circuito de Losail. Atrás deles, Viñales recuperou dois lugares para a Aprilia, enquanto Aleix Espargaró – que caiu seis posições devido ao tapa não provocado que deu a Morbidelli no capacete durante o treino – quebrou a cabeça no acidente inicial em que também se envolveu.Bastianini e Oliveira, o português, perderam a omoplata direita.

READ  Copa da Itália: saídas de Napoli e Inter, e menos obstáculos para Milan, Juventus, Roma e Lazio

Estes são os dez primeiros em corridas de velocidade:
1. Martinho
2. Escrito por Giannantonio
3. Corpo de Fuzileiros Navais
4A. Marquês
5. Bagnaia
6. Viñales
7. Fichário
8. Quartararo
9. UMA. Fernández
10. Zarco

18h24 – Martin vence o sprint, Bagnaia é quinto

Acabou, Jorge Martin vence. O espanhol saiu vitorioso na corrida de velocidade do Grande Prémio do Qatar e, com o quinto lugar de Bagnaia, diminuiu a diferença no ranking mundial: Pico manteve-se no primeiro lugar, mas a sua vantagem aumentou de +14 pontos para +7. Amanhã é a longa corrida. O segundo colocado na corrida de velocidade foi Di Giannantonio, o terceiro foi Luca Marini que largou da pole, o quarto foi Alex Márquez.

A rodada final começa. Posições que parecem cristalizadas neste momento.

18h18 – Faltam três voltas

Três voltas restantes na Sprint Race. Bagnaia está quase um segundo atrás de Alex Márquez, quarto. Em vez disso, Martin recuperou a margem sobre Di Giannantonio e Marini.

18h16 – Di Giannantonio se aproxima de Martin

Di Giannantonio não desiste e tenta diminuir a diferença para Martin. Marini também permanece próximo dos dois líderes da corrida. Alex Márquez e Bagnaia estão ficando para trás.

18h14 – Di Giannantonio vence Marini

Di Giannantonio ultrapassou Marini e agora está na segunda colocação. Enquanto isso, Martin está abrindo caminho: quase 5 décimos atrás de um segundo. Bagnaia V persegue Alex Márquez.

18h12 – Martin ultrapassa Marini e assume o primeiro lugar

Martin Marini ataca e ultrapassa: o espanhol está à frente de todos a 6 voltas do fim.

18h11 – Top 5 com 7 voltas restantes

Faltando sete voltas, estes são os cinco primeiros:

18h07 – Bagnaia x Martin

Briga entre Bagnaia e Martin, com o espanhol a levar a melhor sobre o piloto oficial da Ducati.

18h04 – Lá vamos nós, Bastianini no chão imediatamente

Vá embora! Bastianini, Aleix Espargaró e Oliveira caíram imediatamente.

17h58 – Partiremos em breve

Aqui estão os pilotos, aquecendo agora. Partiremos em breve

17h44 – Sprint, faltam 11 voltas

Serão 11 voltas a percorrer na Sprint Race, exactamente metade das previstas para a longa corrida de amanhã.

17h34 – Classificação: Bagnaya campeão se…

Bagnaia tem 14 pontos de vantagem sobre Martin na classificação faltando duas corridas (mais dois sprints) para o final do mundial e, ao somar pelo menos 23 pontos neste fim de semana, pode se confirmar campeão já neste domingo.

17h30 – Qualificação, Marini em primeiro lugar

(Paolo Lorenzi) Luca Marini recebe a aprovação de todos, com a incerteza em torno da qualificação dominada pelo quebra-cabeça dos pneus. O piloto do VR 46 conquista a pole pela segunda vez desde que correu no MotoGP. Atrás dele ficaram o excelente Di Giannantonio, que largou bem na FP, e Alex Márquez em terceiro no AC (o espanhol da Gresini teve que passar pelo Q1, após testes nada inspiradores na sexta-feira). Pico Bagnaia venceu o primeiro round com Martin, terminando em quarto lugar à frente do adversário.

17h28 – Onde assistir na TV

A corrida Sprint do MotoGP Qatar GP está marcada para hoje, sábado, 18 de novembro, às 18h.