Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

450 milhões de buracos na saúde na Puglia, a província concorda com cortes

450 milhões de buracos na saúde na Puglia, a província concorda com cortes

www.statoquotidiano.it. Foggia, 17/04/2023. Buracos na saúde da Apúlia: Hoje, o Conselho Regional aprovou medidas para conter os gastos acordados com assistência farmacêutica, para conter os gastos com dispositivos médicos e aquisição direta de medicamentos e gases medicinais, limitando os gastos para cada empresa de saúde.

“Estas – como explica o consultor de saúde Rocco Bales – são medidas indispensáveis ​​que devem ser implementadas com urgência e obrigatórias para poder reduzir em 2023 Três grandes totais de despesas. Esperamos, no entanto, que o Governo Nacional, dentro das suas competências, consolide o Fundo Nacional de Saúde exigido por todas as Províncias, para cobrir as despesas maiores das Províncias e, assim, reembolsar os custos incorridos com o vírus e fornecer financiamento específico para o aumento dos custos de energia, contratos de trabalho e inflação”.

Agora Fonte Blogue

Foram introduzidas medidas de contenção para avaliação do calendário JM para verificação do cumprimento da LEA e do plano operacional Todos são aprovados pelos ministérios secundários e também pela AIFA com emissão de parecer favorável. Quanto aos gastos com medicamentos do acordo, os dados intermediários de 2022 mostram falta de aderência aos índices A nível regional foi fixado um plafond superior a cerca de 7,3 milhões de euros.

Os dados de despesas mostram que o limite de gastos regional acordado para 2022 foi excedido Em grande parte atribuível ao não cumprimento dos limites de gastos da empresa pelas autoridades locais de saúde em TA (+6,3 milhões em comparação com o teto), BT (+2 milhões em comparação com o teto) e (+1,3 milhão de libras em comparação com o teto) em que as empresas , portanto, têm revitalizado A ação corretiva por parte dos respectivos gerentes gerais é particularmente urgente.

Rocco Pallis (Foto: Pugliasera)

Assim, a junta para 2023 estabeleceu metas orçamentais para cada ASL que visam definir, para além do cumprimento, o limite máximo de despesa destinado ao Orçamento Consolidado. A SSR também fez cortes adicionais de gastos, totalizando € 47,5 milhões em escala regional sob o teto, discriminados com base na população de ASLs individuais. Giunta autorizou os gerentes gerais das empresas públicas do SSR a realizar os procedimentos para Fortalecimento das atividades de controle versus médicos prescritores Que não atendem às diretrizes regionais e corporativas sobre a adequação da prescrição de medicamentos, o que leva ao uso inadequado de recursos públicos e superação dos tetos de gastos estipulados na legislação vigente, com destaque para as categorias terapêuticas sujeitas a medidas regionais de contenção farmacêutica gastando.

No âmbito das medidas de controlo da despesa farmacêutica “(…) o relatório deve resultar em atividades obrigatórias Em contravenção das disposições de contenção de custos, o Diretor, de acordo com o Diretor Médico, adotará as medidas de contenção que se afigurem necessárias, incluindo a denúncia aos órgãos disciplinares, caso os motivos do incumprimento das prescrições indiciem o incumprimento das disposições legislativas e administrativas . (…)”.

READ  O único que não contém pesticidas

Fonte – santa-digitale.com

O conselho ordenou que os relatórios quinzenais a serem enviados ao distrito exigidos por lei também devem ser assinados pelo diretor administrativopelo diretor de saúde, pelos diretores das áreas sociais de saúde, bem como pelo diretor da área de controle administrativo da mesma empresa, e evidências de ações de contenção de gastos farmacêuticos que foram realizadas no nível da empresa durante o monitoramento prazo deve ser previsto – o conselho confirma que “a falha da empresa de saúde e hospitais em manter os tetos anuais para as despesas com medicamentos e gases medicinais, o que resulta na demissão do diretor-geral por lei.

Para dispositivos médicos, o conselho confirmou todas as medidas de contenção de custos.

Giunta atribuiu assim limites de despesa à aquisição de dispositivos médicos às empresas públicas da RSS com o objetivo de cumprir o limite máximo de 4,4% de despesa do Fundo Provincial de Saúde. Giunta estabeleceu, como objetivo mínimo para os Diretores Gerais das Empresas Públicas da SSR, a redução gradual, ao longo de um período de três anos, dos valores das despesas com a aquisição de dispositivos médicos para valores limite estabelecidos pela legislação estadual , a reduzir em redução anual não inferior a um terço da diferença registada no ano anterior.

Atendendo a que, no âmbito da proposta de Plano Operacional 2023/2025, que se encontra em fase de formalização pelos ministérios acompanhantes, Estão também incluídas medidas destinadas a reduzir as despesas com a compra de dispositivos médicos. O Giunta demonstrou que a manutenção das despesas com a compra de dispositivos médicos está dentro dos limites dos plafonds também atribuídos para os anos de 2024 e 2025. O Giunta também demonstrou que para reduzir os gastos com dispositivos médicos, os departamentos estratégicos para empresas de saúde e hospitais fornecem o seguinte:

a) No prazo de 15 dias, para definir metas orçamentais rígidas, que visem a redução de gastos com dispositivos médicos, perante os dirigentes das unidades médicas da empresa; Tanto ao nível dos objetivos de desempenho como dos objetivos de atribuição, contribuindo para a avaliação de gestores de estruturas simples e complexas de unidades operacionais médicas para confirmação/cancelamento de tarefas.

b) até 15 dias após a adoção de medidas específicas e as diretrizes corporativas que visam implementar políticas de uso prioritário de dispositivos que tenham a melhor relação custo-benefício, com destaque para os dispositivos médicos sujeitos às disposições do Conselho Regional referido na narrativa para fins de racionalização de gastos.

READ  A síndrome que fascina a ciência

c) no prazo de 15 dias, adotar procedimentos e diretrizes corporativas específicas visando o agendamento e a realização de auditorias periódicas Relativamente aos médicos prescritores, com particular referência aos ramos especializados mais envolvidos na utilização de dispositivos médicos de elevado impacto de custo, sem prejuízo do disposto no conselho regional referido na narrativa, no sentido de voltar a direção da prescrição ao cumprimento do disposto no conveniência de usar o mesmo.

d) Até 15 dias após a implementação, através das áreas de supervisão da empresai, Actividades de validação expedita de preços de compra empresarial de dispositivos médicos, com especial referência às categorias de maior impacto de despesa para as quais não estão disponíveis os acordos-quadro do Agregador/Consip, ou referem-se a antigos acordos empresariais, e para os quais a activação de os procedimentos de licitação se relacionam rapidamente. Enquanto isso, renegocie os preços dos contratos existentes.

Além disso, Giunta deu mandato ao Conselho de Administração e Gerente Geral da InnovaPuglia SpA A fim de: estabelecer cooperação ativa com outros assuntos de agregação regional, a fim de cumprir o procedimento de licitação central para dispositivos médicos iniciado pelo mesmo, se antes das disposições de planejamento da InnovaPuglia SpA e garantir o cumprimento dos termos do contrato de licitação para dispositivos médicos, prevendo, antecipadamente, o reencaminhamento para concursos privados com as categorias de produtos que se encontram em vias de expiração/esgotamento.

Com referência particular ao procedimento de licitação central regional defendido pela InnovaPuglia SpA No que diz respeito ao fornecimento de “próteses ortopédicas, aparelhos especializados para trauma, materiais auxiliares e serviços relacionados” recentemente rescindido pelo Tribunal Administrativo Regional da Puglia, Giunta solicitou com urgência a apresentação de uma reorientação e um rápido cumprimento do mesmo, a fim de levar curtos períodos dos benefícios econômicos decorrentes dos preços de adjudicação de licitação e economias esperadas.

– Também para a compra direta de medicamentos e gases medicinais, Giunta confirmou todas as medidas de contenção de gastos farmacêuticos emitidas pela região Portanto, a Giunta estabeleceu para 2023 tetos de gastos farmacêuticos para a compra direta de medicamentos e gases medicinais para cada empresa. Giunta ordenou às direcções-gerais que intensifiquem os procedimentos de verificação e controlo da idoneidade da prescrição de médicos especialistas, bem como o cumprimento das orientações que visam a utilização adequada dos recursos públicos, tendo em conta as actualizações dos preços dos medicamentos. Medicamentos participantes de licitações centralizadas implementadas pelo InnovaPuglia Aggregator.

Nos casos em que os acordos-quadro não estiverem disponíveis no pool, a obrigação permanece, Pelas empresas públicas do SSR, para fornecer procedimentos completos de licitação de ponte. Giunta encarregou ainda as Direções-Gerais de definir procedimentos internos adequados com vista à verificação e eliminação de todos os conflitos de interesses, mesmo potenciais, que possam influenciar o comportamento de prescrição dos profissionais médicos.

READ  O calor da noite não permite que você durma tranquilo? Graças a estes remédios você dirá adeus às noites sem dormir

Decidiu-se, a fim de reduzir os gastos farmacêuticos com compras diretas de medicamentos e gases medicinais, foram introduzidos departamentos estratégicos de empresas SSR:

a) Estabelecer, em 15 dias, metas desafiadoras que visem à redução dos gastos farmacêuticos com os gestores das unidades médicas da empresa, por meio da prescrição prioritária, de acordo com as necessidades clínicas dos pacientes, de opções terapêuticas com a melhor relação custo-efetividade, com destaque para as classes farmacêuticas sujeitos às disposições regionais e aos medicamentos com patente vencida, de natureza sintética e biotecnológica; Tanto ao nível dos objetivos de desempenho como dos objetivos de atribuição, contribuindo para a avaliação de gestores de estruturas simples e complexas de unidades operacionais médicas para confirmação/cancelamento de tarefas.

b) adotar, no prazo de 15 dias, procedimentos e diretrizes corporativas e interempresariais (para casos de prescrição induzida), visando à verificação e avaliação periódica da idoneidade das receitas farmacêuticas de maior custo;

c) adotar, no prazo de 15 dias, procedimentos e diretrizes específicas da empresa que visem a implementação de políticas de uso prioritário de medicamentos vencidos (seja sintético ou biotecnológico/biossimilar), com especial destaque para os medicamentos licitados em licitações centrais regionais para uso em canais de compra direta, ou seja, para medicamentos com preços compatíveis com o preço de referência da Lista de Transparência AIFA para uso no canal parceiro;

d) Adotar, no prazo de 15 dias, procedimentos e diretrizes institucionais específicos que visem ao agendamento e realização de auditorias periódicas aos médicos prescritores, com destaque para as especialidades mais envolvidas na prescrição de medicamentos de alto custo de impacto para compra direta, a fim de reorientar a prescrição Para cumprir a adequação e restrições de uso sob o Regulamento do NHS estabelecido pela AIFA.

Foi demonstrado que o custo de aquisição definitiva de medicamentos e/ou gases medicinais incorridos pela ASL e derivados de prescrições feitas por médicos especialistas que trabalham para outras empresas públicas na SSR, se as seguintes verificações interempresas forem atribuíveis a prescrições inadequadas, serão cobrado da empresa de referência do prescritor, e para tanto será deduzido nos laudos pela ASL.

Ficou também provado que a manutenção da despesa farmacêutica nas compras diretas de medicamentos e gases medicinais mantém-se dentro dos limites máximos também atribuídos para 2024 e 2025. O teto da despesa farmacêutica nas compras diretas a partir de 2024 é fixado em 8,30% do FSN.