Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Pagamento com extensão adicional de imposto fixo

Ao contrário de outros impostos alternativos sobre o rendimento empresarial e do trabalho independente, a lei que define o imposto fixo adicional (arte. 1 Parágrafos 55-57 da Lei 197/2022) Ele não liga de volta Para pagar o imposto, 15%. Provisões relativas ao pagamento do imposto sobre o rendimento das pessoas singulares.
Por se tratar de um imposto alternativo ao IRPEF e aos impostos adicionais relacionados pagos no formulário PF RENDA 2024, o prazo para pagamento do saldo do IRPEF ainda deverá ser aplicado (arte. 17 Parágrafo (1) do Decreto Presidencial nº 435/2001) e termina em 1º de julho de 2024já que 30 de junho cai em um domingo (sujeito a uma prorrogação que será discutida abaixo).

Na ausência de esclarecimentos oficiais específicos, não é claro se é possível pagar o imposto fixo no prazo de 30 dias após o prazo acima mencionado com Aumento de 0,40%conforme estipulado para os impostos directos no artigo 17.º, n.º 2, do Decreto Presidencial n.º 435/2001.
Esta possibilidade é apoiada porque o imposto fixo adicional representa um imposto alternativo único que não esgota a cobrança fiscal, uma vez que é aplicado limitado a uma parte do rendimento empresarial ou do trabalho independente. No entanto, no passado, a Agência de Receitas (por volta de 12 de junho de 2002 n.d. 50§ 19.3) considerou que os impostos alternativos poderão ser pagos nos próximos 30 dias do prazo normal com um incremento de 0,4% “se as leis individuais que determinam o pagamento para fins indicarem os métodos e condições específicos de pagamento para a liquidação dos impostos resultantes da declaração”, circunstância em que – Como afirmado anteriormente- Não acontece Pelo aumento do imposto fixo. Isto identifica uma incompatibilidade de condições de pagamento caso o contribuinte pretenda diferir o pagamento do IRPEF relativamente à parcela restante do rendimento tributável não fixo, aproveitando o aumento de 0,40%.

READ  Qual tribunal internacional tem acesso a Milão e como funciona

Pelo mesmo motivo, foi emitido o referido documento de prática (Circular nº 50/2002) excetoPrêmio Para imposto alternativo, de acordo com o disposto nesta leiarte. 20 Do decreto legislativo. 241/97, “pois a lei limita a aplicação desta instituição apenas “aos valores devidos a título de saldo e imposto antecipado” resultantes das declarações. No entanto, esses impostos podem ser diferidos se as leis individuais assim o previrem e na forma por elas especificada.”

Para pagar o imposto alternativo, você deve usar o código tributário “1731“(Resolução da Agência Fiscal de 18 de abril de 2024 nº. 21). Ao preencher o Formulário F24, este código de imposto é apresentado na secção “Tesouraria” correspondente aos valores constantes da coluna “Débitos Pagos”, sendo indicado no campo “Ano de Referência” o ano fiscal relativamente ao qual foi efectuado o pagamento no campo “ formato AAAA”.
Como se pode verificar no exemplo do site da Agência Fiscal, o campo 2 “Prestação/Área/Província/Mês de Referência” não necessita de preenchimento; Resultados para este item Minha confirmação Exclusão do parcelamento fixo de imposto.

Mais uma vez relativamente às condições de pagamento, refira-se que no que diz respeito ao período fiscal de 2023, oarte. 37 Do decreto legislativo. O Real Decreto nº 13/2024 estipulou a extensão para 31 de julho de 2024sem qualquer acréscimo, sobre os pagamentos findos em 30 de junho de 2024 relativos a valores “provenientes de declarações fiscais e relativos ao imposto regional sobre atividades produtivas e ao imposto sobre valor agregado”.

Beneficiam da prorrogação as pessoas que reúnam as seguintes condições:
– Exercer as atividades económicas a que se destina Índices Sintéticos Confiabilidade financeira Ou quais são as razões atuais para Exclusão Por eles, incluindo aqueles que beneficiam do regime de taxa fixa previsto na lei. 190/2014 Ou o sistema de benefícios referido noarte. 27 Parágrafo (1) do Decreto-Lei nº 98/2011;
– Declarar receitas ou compensações em montante não superior Limite É determinado para cada indicador pelo decreto de aprovação do Ministro da Economia e Finanças (equivalente a 5.164.569 euros).
A prorrogação vale também para pessoas físicas que participem de sociedades, associações e negócios sujeitos a normas internas de segurança e que deverão declarar seus rendimentos.”Para transparência“, Leva a Artigos 5.º, 115 E 116 Da torre.

READ  Quem deve enviar e o que fazer caso o prazo (29 de fevereiro) não seja cumprido?

Dado para apontararte. 37 Parágrafo 1º do Decreto Legislativo. “13/2024 para sujeitos” que são obrigados a efetuar pagamentos até 30 de junho de 2024 resultante de declarações “Dos rendimentos”, tendo em conta os próximos esclarecimentos oficiais, parece justificado acreditar que a prorrogação se aplica, se estiverem reunidas as condições, também ao pagamento do imposto fixo adicional, dado que este imposto é autoliquidado pelo contribuinte em o retorno.