Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

O famoso app retirado da Play Store, o que ele permite fazer é nojento

O famoso app retirado da Play Store, o que ele permite fazer é nojento

O Google finalmente removeu um aplicativo da Play Store que vem causando bastante polêmica nas últimas semanas.

Muitas vezes, desde a disseminação global dos videogames, encontramos choques geracionais e sociais em relação aos conteúdos dessas formas de entretenimento doméstico. Na década de 1990, por exemplo, Carmageddon – jogo cujo objetivo era atropelar os transeuntes – agitou um vespeiro, abrindo a discussão sobre a violência e como os videogames podem ser um exemplo negativo para os jovens em formação.

Google finalmente remove o aplicativo que criou muita polêmica – Ilovetrading.it

Este caso foi único, mas não único na história dos videogames. A Rockstar, a software house que desenvolveu a marca GTA, tem estado muitas vezes no centro das polémicas porque nos seus jogos é possível matar qualquer pessoa num ambiente urbano e muito semelhante ao que vivemos. Violência não justificada pelo enredo ou contexto, mas não sugerida pelos desenvolvedores. No GTA, você pode fazer o que quiser, então É o usuário que decide se envolver em comportamento violentomas também pode decidir respeitar todas as regras.

Se fosse no caso do Carmageddon, então, as diferenças poderiam ter sido lógicas, nisso como no caso do Call of Duty (o videogame de guerra) elas são muito úteis, a ponto de o ex-presidente dos EUA Donald Trump tem Videogames são usados ​​como distração coletiva Para justificar massacres em escolas secundárias. Por outro lado, para alguém que mais uma vez tornou as armas mais acessíveis e tem laços estreitos com a indústria que as produz, admitir que suas políticas eram as culpadas teria sido contraproducente.

Google aceita pedidos e remove app da Play Store: debate legítimo ou útil?

Nas últimas semanas, a questão foi reaberta devido a um aplicativo na Google Play Store.

READ  A Covid-19 retorna imediatamente à zona vermelha na Itália: onde e quando
jogo disputado
Este aplicativo é um simulador de bondage removido do Google – Captura de tela da PlayStore – Ilovetrading.it

É um videogame de gerenciamento, onde você pode realmente comprar e vender escravos negros. Mas não só isso, pois O jogador também tem a habilidade de torturar e chicotear escravos Para forçá-los a trabalhar mais. Entre os comentários dos jogadores, há aqueles que apontaram com leve sadismo que os métodos de tortura não seriam suficientes para garantir a diversidade.

o jogo, O nome dele é Simulador de Escravidão (Simulação de escravidão) foi desenvolvido pela Magnus Games e causou muita polêmica, principalmente no Brasil, país onde a escravidão é uma parte obscura da história. Logo surgiu a polêmica contra o Google por permitir a existência de tal conteúdo inapropriado, por meio do qual o ódio, o racismo e a violência podem se espalhar entre as novas gerações.

Depois da polêmica, o Google finalmente retirou o app da Play Store, mas terá que responder ao governo brasileiro para permitir que o jogo exista em sua plataforma. Em vez disso, a Magnus Games será responsável pela produção A disseminação do videogame. Em sua defesa, os desenvolvedores disseram que não houve incitação à violência, ódio racial ou discriminação em sua produção, e que o único objetivo do aplicativo era o entretenimento. Eles também condenaram publicamente a escravidão.