Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Notícias da Guerra Ucrânia-Rússia, 24 de junho

Notícias da Guerra Ucrânia-Rússia, 24 de junho

Papa Francisco doa terceira ambulância a hospital na Ucrânia

Papa Francisco Doa uma terceira ambulância a um hospital na Ucrânia. E ele continuará sendo um cardeal Konrad KrajewskiAlmonier, o Papa, para libertá-lo.
Almonir percorrerá pela oitava vez três mil quilômetros em direção ao norte do Mar Negro até a região de Zborev, na região de Ternopil, para entregar uma ambulância equipada como centro móvel de recuperação ao hospital central. Krajewski também trará uma grande quantidade de medicamentos essenciais e que salvam vidas da Farmácia Vaticano e da Farmácia Clínica Agostino Gemelli. Na região de Ternopil, devido à continuação da guerra, chegam diariamente numerosos comboios transportando civis e soldados que foram forçados a fugir da zona fronteiriça com a Rússia, onde as hostilidades são mais sangrentas. Esta ambulância também será uma ferramenta de apoio aos socorristas feridos. Durante esta nova missão, Almoner, em nome do Papa Francisco, também inaugurará o Centro de Reabilitação “São João Paulo II”, construído na Diocese Católica Romana de Kamianets-Podilsky, para a reabilitação integrada, física e psicológica daqueles que sofreram o trauma da guerra. O centro, como outros centros semelhantes, desejados pelo Papa Francisco, foi estabelecido com a contribuição de algumas instituições papais, como a Igreja que Sofre e a Fundação Pontifícia. “Estes centros, como ensina o Papa Francisco, estão abertos ‘a todos’ – sublinha Almoner -, sem qualquer distinção de fé ou nacionalidade e sem qualquer exclusão. Os tratamentos são prestados não só a todos os que sofreram ferimentos em batalha, mas também aos seus. entes queridos, esposas e filhos para sustentar as famílias.” “Ucraniano neste momento dramático.” “Estas obras concretas de misericórdia visam abrir o caminho para que a misericórdia alcance a graça do perdão”, concluiu o memorando do Vaticano.

READ  “Trump é louco” Anúncio promocional de Biden