Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Drone dos EUA, Rússia recupera destroços: onde caiu, mapa e reconstrução – veja

Drone dos EUA, Rússia recupera destroços: onde caiu, mapa e reconstrução – veja

Os Estados Unidos acreditam que a Rússia recuperou alguns dos destroços do drone americano que caiu no Mar Negro depois de colidir com um caça russo Su-27 na manhã de terça-feira, 14 de março. Fontes americanas revelaram à CNN, explicando que são de fibra de vidro e outras peças pequenas do MQ-9 Reaper. Enquanto isso, os EUA divulgaram um mapa (LOOK) que, com uma margem, reconstrói as etapas da história.

Leia também

O drone foi interceptado entre 6 e 7 da manhã em uma área a cerca de 40-50 milhas da costa da Crimeia. As manobras dos dois Su-27 duraram, acredita-se, cerca de 40 minutos. A colisão entre um dos caças e o drone ocorreu entre as 7h e 7h20, a cerca de 50-60 milhas náuticas da costa. O drone, com a hélice danificada, caiu no mar entre as 7h20 e as 7h30 a cerca de 75-85 milhas náuticas da Crimeia, na Roménia. Não está claro se o drone caiu devido a danos ou a uma decisão de quem controlava remotamente o drone. De qualquer forma, os Estados Unidos teriam conseguido neutralizar o software do aparelho.

A Rússia está se recuperando da fragilidade – Desde quarta-feira, sabe-se que meios da Marinha Russa chegaram à área onde o avião caiu. No entanto, o governo Biden minimizou o impacto da descoberta dos destroços do drone pelos russos. “Tornamos impossível para eles obter qualquer informação valiosa dos destroços que pudessem encontrar no mar”, disse John Kirby, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca.

Os Estados Unidos divulgaram um vídeo documentando uma fase do confronto próximo entre o drone e os caças russos. “Nossa versão do que aconteceu está tão claramente declarada que acho que qualquer um que tenha visto o vídeo pode vê-lo”, disse Kirby. As fotos mostram como a Rússia está “mentindo completamente” sobre o que aconteceu.

READ  Atingido por um Tubarão no Rio: O Retorno do Pesadelo

Kirby disse que a decisão de divulgar o vídeo do incidente foi tomada “para mostrar ao resto do mundo como os russos mentem”. Os americanos, de fato, lamentaram que o caça russo primeiro esvaziou seus tanques no MQ-9 e depois atingiu suas hélices, fazendo-o despencar no mar. Os russos negam que tenha havido qualquer contato físico entre o caça e o drone.

Kirby afirmou que o vídeo não forneceu evidências das intenções do piloto russo: “Na melhor das hipóteses, é um comportamento irresponsável, na pior, irresponsável e incompetente. Não sabemos se foi intencional ou não, o vídeo não mostra isso.”