Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Doença celíaca AIC pede 450 mil euros para investigadores seniores

Doença celíaca AIC pede 450 mil euros para investigadores seniores

Alessandro Balbo (ANSA) – Roma, 05 de julho – A Sociedade Italiana de Celíacos (AIC) lançou o novo concurso “AIC Investigator Grant – Call for Proposals 2024”, destinado a pesquisadores seniores altamente qualificados e com competência comprovada e com o objetivo de financiar os melhores resultados científicos pesquisar. Projetos de pesquisa sobre doença celíaca, dermatite herpetiforme e alergia não celíaca ao trigo (NCWS).
Os investigadores convidados (Investigador Principal, PI) são investigadores com experiência internacional comprovada no setor, que realizarão projetos de investigação selecionados para financiamento no organismo italiano de investigação sem fins lucrativos (público ou privado) a que pertencem).
O AIC Investigator Grant 2024 é um programa de cofinanciamento de investigação científica: o investigador principal e a sua instituição participam na implementação do projeto de investigação escolhido utilizando os seus fundos sem fins lucrativos, para os quais se prevê a atribuição de um total de 450.000€. Os projetos de investigação podem ser apresentados anualmente, bienalmente ou trienalmente, incluindo projetos multicêntricos.
O prazo para solicitação de participação no concurso, disponível no site da associação, está marcado para quinta-feira, 5 de setembro de 2024, às 12 horas, hora italiana. A candidatura pode ser submetida exclusivamente através do portal online “Convites e Propostas da Sociedade Italiana de Celíacos”. O concurso é totalmente financiado em 5×1000.
A designação a que pertence a Chamada 2024 é apenas uma das duas formas de financiar os projetos de investigação da AIC, que se centram em genética, imunologia, prevenção, tecnologia alimentar e clínicas. Além das bolsas de investigação, destinadas a investigadores seniores, existem bolsas para formar os médicos e investigadores de amanhã.
Desde 2013, a AIC investiu quase 4 milhões de euros em mais de 30 projetos científicos, que produziram mais de 70 publicações em revistas internacionais. “O compromisso da Sociedade Italiana de Celíacos com a pesquisa científica tem crescido ao longo dos anos e reflete aquilo em que acreditamos: realizar pesquisas com impacto social comprovado e divulgar os resultados delas obtidos”, afirma Rossella Valmarana, presidente da associação. na comunidade científica e na profissão médica”, continua, mas colocando-o ao serviço dos pacientes com doença celíaca através de uma série de iniciativas institucionais, como a conferência científica anual, o jornal Celiac News e o envolvimento direto. De 21 centros regionais associados e todos os nossos canais de comunicação. (lidar).

READ  Alimentos que queimam gordura para dieta