Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Campeões do mundo vencem a final

Campeões do mundo vencem a final

Um empate teria diminuído de alguma forma, para não mencionar uma derrota. No extremo, 57 segundos após o som da sirene, Tendo feito estremecer os campeões mundiais portuguesesno segundo amistoso em Vila do Conte.

maldito azar

Começamos com o cruzamento de cobrança de falta de Merlem. A resposta de Portugal foi imediata: Pietrangelo defendeu de Thiago Brito, e repetiu de Sobral. Há poucos amistosos fortes e as chances são de ambos os lados: Merlem defende após um chute de segurança de Erik e Mota enfrenta Correa de forma agressiva. Viradas do destino, o primeiro tempo terminou sem gols. No segundo tempo, o campeão mundial Braz Aproveitam pênalti por falta de Musumeci sobre o poderoso Zicky Té, mas Pietrangelo rejeita a conclusão do ex-Napoli Bruno Coelho. Merlim continua a sua batalha pessoal com o guarda-redes lusitano: desta vez é Edu (que entrou na segunda parte no lugar de Correia) que lhe nega a alegria de se destacar. Os Estrelas Azuis tiveram uma grande infelicidade: depois do travessão na primeira parte, chegou mais uma trave. Bellarte quer ganhá-la e volta a entrar no ranger: No colo de Merlem, Mota chuta, Edu defende, e na revanche André Coelho pune com o gol vazio a favor dos portugueses.. O Italfutsal mergulhou no meio-campo adversário: Edu empolgou Marcelinho, a um segundo do final foi Bani Varela quem substituiu o guarda-redes dos Lusitânias, negando mais uma vez ao Merlem o empate 1-1.

Bellart além da pontuação: aplausos da Itália

Massimiliano Bilarte não pôde deixar de ficar satisfeito: “Nem olhamos para o resultado – comenta o técnico – foi uma partida emocionante. Queríamos colocar um goleiro em campo para tentar a vitória, decisão não só minha, mas também a decisão de todos os meninos. Tenho certeza que o futuro deles é brilhante. Levamos para casa um jogo que nem se pode descrever a nível emocional: Portugal é forte e mostrámos que não estamos longe do nosso caminho de crescimento.”

READ  Musetti-Shelton 2-0 (6-4, 7-6), que vitória do Blue! Agora há Alcaraz

Portugal-Itália 1-0 (0-0 pontos)
Portugal:
Correa, Eric, Afonso, Banny, Zeke, Edu, A. Coelho, Santos, Montero, Neves, Kochi, P. Coelho, Prieto, Teixeira, Sobral. O cocô do treinador
Itália: Pietrangelo, Musumeci, Merlim, Motta, Cutrupi, Bellobuono, Yaghoubian, Galletto, Etzi, Pazetti, Isgrò, Liberti, Donin, Cutrignelli, Raguso e Marcelinho. Treinador Bellarte
sinais: 19’03’ St. A. Coelho (P)
NB11’29”: Pênalti perdido, Bruno Coelho (P)
Os sortudos: Musumeci (I), Pazetti (I)
o revisor: Ruben Santos (Pour), Miguel Castillo (Pour), Jose Moreira (Pour), Agenda: Thiago Silva (Pour)