Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Una fé e ciência contra as mudanças climáticas

Faith and Science foi apresentada no Escritório de Imprensa da Santa Sé, um evento preparatório para a próxima conferência climática de outono em Glasgow, que reunirá líderes religiosos e acadêmicos. Ministro das Relações com os Países, Dom Gallagher: Assuntos caros ao Papa Francisco que é impossível não participar deles.

Michel Raviart – Vaticano

Que tipo de vida queremos viver nos próximos anos? Que tipo de mundo queremos deixar para as gerações futuras nas próximas décadas? A essas questões, intimamente relacionadas ao cuidado com o planeta e às soluções para enfrentar as mudanças climáticas, a comunidade internacional tentará dar algumas respostas na Conferência das Nações Unidas COP26, que acontecerá em Glasgow em novembro próximo.

tempestade perfeita”

Entre os eventos preparatórios para a Conferência do Clima, o encontro “Fé e Ciência: Rumo à Cop26”, organizado pela Embaixada da Itália junto à Santa Sé e pela Embaixada do Reino Unido, acontecerá no dia 4 de outubro no Vaticano e em Roma, e isso foi Fui apresentado esta manhã na sala de imprensa da Santa Sé. Entre a crise econômica, social e alimentar, a que se somou a epidemia no ano passado, o mundo vive uma espécie de “tormenta perfeita”, com temas caros ao Papa Francisco desde o início de seu pontificado e apresentados em sua encíclica Laudato si . O ano de 2015 já está na agenda. Dom Paul Gallagher, Ministro das Relações com os Estados, recorda que «todas as questões mais importantes relativas ao cuidado da nossa casa comum» estão ocorrendo neste momento e a necessidade de uma resposta é cada vez maior.

Sensibilidade da igreja

“Tudo está conectado”, razão pela qual a Santa Sé não teve dúvidas sobre a conveniência de aderir a esta iniciativa e dar o seu contributo. “As questões ambientais e a crise ecológica – como o Monsenhor Gallagher também destaca nas Notícias do Vaticano – são algumas das questões às quais o Santo Padre é mais sensível. Tivemos Laudato si ‘e temos muitas iniciativas sobre essas questões. Grande sensibilidade em toda a Igreja e no mundo. A razão disso é que a participação e o incentivo a tais iniciativas, como as organizadas pela Embaixada da Grã-Bretanha e da Itália, são quase espontâneas ”.

READ  Com esses 5 truques simples, vamos nos manter hidratados, saudáveis ​​e bonitos

Diálogo entre fé e ciência

Quarenta líderes religiosos de todo o mundo e dez acadêmicos participarão do programa “Fé e Ciência” para discutir e comparar questões ambientais e sociais. As religiões darão uma contribuição importante porque, segundo Gallagher, têm uma visão integrada que inclui todos os aspectos da vida humana. Ele ressaltou que a ideia é que haja um diálogo entre fé e ciência, porque na história a fé muitas vezes se opôs à ciência e vice-versa, agora que vemos que nas questões ambientais ciência e fé podem trabalhar juntas e fazer com que importem. . Entrada. “.Um exemplo prático? Como podemos tornar nossas igrejas e lares mais eficientes? É a ciência e a engenharia que nos ensinam essas coisas. Além do que estamos fazendo passivamente neste caso.”

Rumo a uma transformação ambiental

O Embaixador da Itália junto à Santa Sé, Pietro Sebastiani, que participou da entrevista coletiva com a Embaixadora do Reino Unido junto à Santa Sé, Jane Axworthy, lembrou os resultados do encontro “Fé e Ciência” em Glasgow. “Será uma oportunidade de renegociar nossa relação com a natureza diante de uma cultura de indiferença”, reiterou Dom Gallagher, para repensar a transformação ecológica da sociedade e aumentar a ambição dos tomadores de decisão nessas questões.