Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

UEFA, Čeferin foi reeleito presidente.  Gravina foi nomeada vice-presidente

UEFA, Čeferin foi reeleito presidente. Gravina foi nomeada vice-presidente

O 47º Congresso Ordinário da UEFA decorreu hoje em Lisboa (Portugal). As 55 associações filiadas foram reeleitas Alexandre Severin presidente da UEFA por quatro anos por aclamação. Em seu discurso de posse, Zeffrin, que era o único candidato, agradeceu o apoio dos delegados. “É uma grande honra, mas acima de tudo uma grande responsabilidade para com o futebol”, disse o presidente. “Farei o possível para não decepcioná-lo.” O esloveno Ceferin, de 55 anos, cumpre o seu terceiro mandato desde 2016, quando substituiu o antigo internacional francês Michel Platini antes da sua reeleição em 2019. E a encerrar o Congresso da UEFA 2023, Ceferin reiterou a sua promessa após a sua primeira eleição em Atenas: “Prometo nunca esqueceremos que estamos aqui. “Pelo futebol. Sempre colocaremos o futebol em primeiro lugar. Farei tudo o que puder para proteger o futebol com você.” Gabriel Gravina está definido vice-presidente da UEFA. Membro do Comitê Executivo do mais alto órgão do futebol europeu desde abril de 2021, quando recebeu 53 preferências em 55 resultando no maior número de votos da história da associação, presidente Figo Hoje ele é nomeado co-presidente junto com o CEO Welsh Laura McAllister: “Agradeço a Ceferin e aos meus colegas da UEFA por esta posição de prestígio – declarou Gravina – que representa um importante sinal de confiança, tanto a nível pessoal como a nível da federação. Nos últimos anos, tanto no Comité Executivo como nos Comités , temos trabalhado incansavelmente, com grande diligência e espírito Desde cooperar para desenvolver o futebol europeu, trabalhar em equipa e enfrentar questões muito complexas, continuaremos a fazê-lo com a mesma paixão e abnegação para enfrentar os grandes desafios que temos pela frente para o futebol continental.” Gravina e McAllister substituíram o português Fernando Gomez e o húngaro Sandor Xeni. Armand Duca (ALB), Jesper Müller-Christensen (DEN), Peter Fusk (CZE), Levan Kobiashvili (GEO), Luis Rubiales (Espanha), Philippe Diallo (França) e Andrei Pavelko (Reino Unido) foram eleitos membros do Comitê Executivo .

READ  Preços dos combustíveis, ainda subindo para gasolina e diesel