Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Tina Turner vendeu o castelo na Suíça na hora: quem comprou por seu peso em ouro

Tina Turner vendeu o castelo na Suíça na hora: quem comprou por seu peso em ouro

O castelo em que Tina Turner morava em Küsnacht, na Suíça, foi vendido poucos dias após sua morte. O Chateau Algonquin, onde os fãs se reuniram para prestar suas homenagens, agora pertence à empresária suíça, a bilionária Ines Kindel Benes. A propriedade, que inclui um prédio principal de quatro andares, um grande jardim e uma casa de barcos e é cercada por 1.350 acres de floresta, foi o lar da cantora americana e de seu marido, Erwin Bach, nos últimos 22 anos.

Seu navegador não suporta a tag iframe

A Rainha do Rock’n’Roll não comprou, apenas alugou. E agora o palácio começou a mudar de mãos. O preço de compra pago pelo castelo não foi divulgado, mas é estimado em cerca de US$ 86 milhões. O ícone da música e seu marido executivo da EMI se mudaram para lá porque Turner queria acesso direto ao Lago de Zurique. Tina e Erwin se casaram no castelo em 2013.

Seu navegador não suporta a tag iframe

Agora a mansão – que Turner nomeou em homenagem a seus ancestrais nativos americanos, a tribo Algonquin – foi vendida. Isso foi confirmado pelo Cartório de Registro de Imóveis em Küsnacht, conforme explicado pela mídia suíça. Mas o viúvo Erwin não deveria ser forçado a partir. O novo proprietário comprou a propriedade como um investimento. Kaindl-Benes é presidente da empresa familiar de carpintaria Swiss Krono Group em Lucerna, com uma fortuna pessoal de US$ 988 milhões. No entanto, dois anos atrás, Turner e seu marido compraram outra propriedade ao longo do Lago Zurique, no vilarejo de Staffa, como refúgio de fim de semana.

READ  Suécia e Finlândia na OTAN. Biden anuncia mais forças dos EUA na Europa, assim como na Itália - o mundo