Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Papa Francisco quer deixar hospital, vai para casa amanhã – Crônica

Papa Francisco quer deixar hospital, vai para casa amanhã – Crônica

O Papa Francisco tem pressa em deixar Gemelli, que está internado desde a tarde de quarta-feira devido a uma “bronquite infecciosa”. Amanhã ele voltará para sua casa no Vaticano, a Casa Santa Marta, onde não quer descansar nem por alguns dias, e já foi confirmado que ele virá para a Missa do Ramo na Praça de São Pedro no domingo de manhã. , que abre os ritos da Semana Santa. Depois que a equipe médica que acompanha o Papa Francisco avaliou os resultados dos testes realizados hoje e a evolução clínica favorável, o Santo Papa visitará o Policlínico A. amanhã. Ele confirmou sua demissão da Gemelli. Matteo Bruni, diretor da assessoria de imprensa do Vaticano, disse a repórteres.

Papa visita crianças na Unidade de Oncologia Pediátrica de Gemelli, Roma


A aceleração repentina dos eventos, sim, deve-se à tendência positiva da “infecção respiratória” de origem viral que atingiu Bergoglio, aos testes do coração ou pulmões do hospital universitário, líquidos e líquidos e ao rápido progresso com “antibiótico à base de infusão terapia”.

Mas o Papa quer que não falte a sua presença nas liturgias da semana que antecede a Páscoa, a mais solene do ano litúrgico, que celebra a morte e ressurreição de Cristo. “Ontem correu bem com um curso médico normal. À noite, o Papa Francisco jantou e comeu pizza com aqueles que o ajudam durante estes dias de internação: médicos, enfermeiras, assistentes e pessoal da gendarmaria”, acrescentou. , não é sem referência a ‘cor’. Meia hora depois, um novo anúncio veio de um porta-voz da Santa Sé: “Posso confirmar que o Papa Francisco deve estar na Praça de São Pedro no domingo, pois deve deixar o hospital amanhã. Eucaristia, Paixão do Senhor”. E para aqueles que ainda têm dúvidas sobre a eficácia da liturgia, uma explicação à parte: “Deixo claro que se ele existir, presidirá”, disse Bruni.

No entanto, o Papa, que presidirá a missa na Praça de São Pedro no domingo, será acompanhado pelo cardeal vice-reitor Leonardo Sandri em uma procissão de ramos e ritos no altar da igreja. Outros cardeais celebrantes assistirão o Papa nos ritos pascais subsequentes. Mas o dia de Francesco em Gemelli hoje trouxe outra surpresa. À tarde, de fato, um sorridente e descontraído Bergoglio, vestido com uma túnica branca, visitou crianças internadas na unidade de oncologia pediátrica do hospital, levando-lhes rosários, ovos de chocolate e exemplares do livro “Jesus nasceu em Belém”. da Judéia”. Durante a visita, que durou cerca de meia hora, o Papa batizou o bebê Miguel Angel, que tinha apenas algumas semanas. “Ele já é cristão. Vá à paróquia e diga a eles que o Papa o batizou”: assim Francisco se dirigiu à mãe de Miguel Angel. que será uma segunda internação após julho de 2021 para cirurgia de cólon.

“As provações e tribulações da vida, vividas com fé, ajudam a purificar o coração, tornando-o mais humilde e, portanto, mais disposto a se abrir a Deus”, escreveu ele em um tweet hoje. “O Papa está de ótimo humor e sabe enfrentar esses problemas físicos com muita tranquilidade. Ele está um pouco acostumado e é muito bom ver as reações do mundo com tanta intimidade e tantas novidades. Civiltà Cattolica em um link de vídeo para Sky Tg24 Live In do Maschio Angioino de Nápoles, disse o padre Antonio Spataro: “Sua presença será importante – acrescentou – em um momento tão central, sagrado para os fiéis, mas sua presença e sua ‘urbi et rbi’ mensagem que será na Páscoa, será dirigida ao mundo inteiro. A Logia de Bênçãos na Praça de São Pedro, a figura do Papa proclamando a mensagem de esperança ao mundo é importante e significativa”.

READ  Movimento IoApro na praça, confrontos no centro de Roma: fogos de artifício contra a polícia