Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Jeff Machado, o ator que foi encontrado morto em uma caixa enterrada em sua casa no Rio de Janeiro

Jeff Machado, o ator que foi encontrado morto em uma caixa enterrada em sua casa no Rio de Janeiro


Investigadores no trabalho um Rio de Janeiro Para destacar a morte Jeff Machado Ele desapareceu em 27 de janeiro do ano passado. O corpo do ator e jornalista foi encontrado depois de quase quatro meses, fechado em uma caixa enterrada a dois metros do solo no chão de uma casa na cidade brasileira.

Série “Reese”

O sul do país, de 44 anos, já trabalhou no mundo do jornalismo (especialmente fofoca) e atuação televisiva, mas também na produção de conteúdo audiovisual: em séries de temática bíblica ReeseEle desempenhou o papel de um soldado palestino. Ele havia desaparecido após sair de casa na zona oeste do Rio.

Jeff Machado em cena da série brasileira “Reis” (foto do relato do ator e jornalista no Instagram)

Mensagens estranhas de seu celular

Última ligação para a mãe, antes de ir para o teste. Então, nada mais do que dez dias. A mulher, que suspeitava de ter recebido algumas mensagens estranhas do celular do filho, alertou a polícia, que começou a investigar o desaparecimento do homem.

cachorros abandonados

Machado também era conhecido por seu amor pelos animais, especialmente cães. A polícia e familiares ficaram mais desconfiados de sua ausência repentina, também pelo fato de seus oito cachorros terem sido encontrados abandonados a uma curta distância de sua casa e dois terem morrido.

Encontre a caixa

A caixa em que foi encontrado o corpo do homem estava aproximadamente dois metros abaixo do piso da casa em que foi encontrado. Foram necessárias nove pessoas para extraí-lo. O contêiner fazia, segundo diversas fontes da imprensa brasileira, parte da mobília da casa do homem. Os investigadores avaliam a possibilidade de um crime na casa de Machado.

READ  Rússia - Ucrânia, Direto - Energoatom: "A prisão do diretor da usina nuclear de Zaporizhzhya pelos russos"