Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Guerra Ucrânia-Rússia, notícias de hoje.  Prigozhin, Bakhmut levou.  Kyiv nega isso

Guerra Ucrânia-Rússia, notícias de hoje. Prigozhin, Bakhmut levou. Kyiv nega isso

Os explosivos do atentado ao Café Saint Petersburg estavam contidos em uma estatueta. Vladlen Tatarsky era um emissário ultranacionalista muito seguido e considerado um confidente do chefe Wagner. Para Kiev, “é terrorismo doméstico”. O secretário de Estado dos EUA, Anthony Blinken, exigiu a libertação do jornalista do Wall Street Journal, Ivan Gershkovich, mas o chanceler russo, Sergey Lavrov não demora a responder: “Vamos processá-lo”


A guerra na Ucrânia, o que você precisa saber

arquivo faixas de guerra


Notícias ao vivo do conflito entre a Ucrânia e a Rússia

Zelensky estará em Varsóvia na quarta-feira, 5 de abril

presidente ucraniano Volodymyr Zelensky Ele estará em visita oficial Polônia Quarta-feira, 5 de abril, anunciou a presidência polonesa. “Esta é uma visita oficial”, mas o presidente ucraniano “também quer se encontrar com poloneses e ucranianos que vivem na Polônia”, explicou Marcin Przydac, chefe do Departamento de Política Internacional, em uma rádio privada polonesa. RMF FM.

Zelensky e Duda em foto tirada em agosto passado em Kiev (AFP)

Ataque em São Petersburgo: um vídeo do interrogatório de Trepova foi divulgado

As autoridades russas divulgaram um vídeo no qual Daria Trepova afirma ser a proprietária Entregue uma estátua explosiva Para o blogueiro militar Vladlen Tatarsky, morto ontem em São Petersburgo. E no vídeo do interrogatório conduzido pelas forças de segurança russas, postado no site do Ministério do Interior em Moscou, a mulher diz que “trouxe uma pequena estatueta que explodiu ali”. Quando questionada por que ela foi presa, Trepova respondeu: “Eu diria, estando onde Vladlen Tatarsky foi assassinado. Trouxe aquela estatueta para lá e ela explodiu.”

Daria Tarpova admite o ataque: Sim, ela trouxe a estátua com o explosivo, o vídeo divulgado pela polícia russa

Quem é Daria Trepova?

Nasceu em 1997, residindo por um mês em São Petersburgo em um apartamento alugado a poucos metros do Wagner’s Bar de onde trouxe a estatueta recheada de explosivos que mataram o blogueiro militar. Vladlen Tatarsky.

Quem é Daria Trepova, a suspeita do atentado de São Petersburgo?

Editado pelo conselho editorial externo


Daria Trepova admite: “Eu trouxe um pequeno busto e depois explodiu.”

“Eu trouxe uma estatueta e ela explodiu”: Então Daria Tripovaa mulher suspeita de realizar o ataque de ontem em um café de São Petersburgo, responde a uma pergunta de quem a interrogou em um vídeo divulgado pela agência. RIA Novosti. A jovem respondeu à pergunta: “Quem deu a você?” Daria Trepova aparece com uma camisa branca e tem o cabelo mais curto do que as fotos de segurança mostram ao entrar no café carregando um pacote.

Tripova entrando no bar

Trepova entrando na barra (pega)

Moscou: “Serviços ucranianos com a ajuda da organização de Navalny para matar o blogueiro”

O Comitê Nacional Antiterrorista da Rússia disse hoje que a inteligência ucraniana foi auxiliada no assassinato do blogueiro de guerra Tatarsky por “agentes” da organização anticorrupção fundada por Alexei Navalny. A informação foi divulgada pela agência de notícias estatal TASS.

Alexei Navalny

Alexei Navalny (Reuters)

Moscou, Trepova está sob interrogatório para entender os motivos do ataque

Daria TripovaA jovem, que foi detida ontem sob suspeita de ter cometido um atentado num café de São Petersburgo, está a ser interrogada para apurar os seus “motivos”. Uma porta-voz do Comitê Investigativo Russo disse em um vídeo divulgado pela agência RIA Novosti.

Moscou, o tribunal fecha a Escola Anglo-Americana

A Escola Anglo-Americana Ele voa Fechou as portas após a decisão do Tribunal Tushinsky, que estipulou a suspensão de suas atividades por pelo menos três meses. – Emissão de decisão autuando “graves infrações no exercício das atividades para as quais foi licenciada”. A agência de notícias informa que RIA Novosti Explicando que o tribunal, referindo-se a uma auditoria realizada na escola, afirmou que “o corpo docente carece de documentos que comprovem a elegibilidade para o ensino profissional”. Quinze professores, muitos deles estrangeiros, não possuíam documentos traduzidos ou reconhecidos que comprovassem suas qualificações RIA Novosti. Fundada em Moscou em 1949, a Escola Anglo-Americana se dedica à educação de filhos de diplomatas. De acordo com os dados mais recentes, até mil alunos frequentavam suas aulas.

(apf)

Comitê Investigativo Russo: O homem-bomba de São Petersburgo foi capturado

O Comitê Investigativo da Rússia disse que Daria Trepova, suspeita de matar o blogueiro Vladlen Tatarsky com uma bomba em São Petersburgo, foi presa.

Rússia, Ministério do Interior: o homem-bomba de São Petersburgo ainda é procurado

O Ministério do Interior russo colocou Daria Trepova na lista de procurados do país, por suspeita de assassinato do blogueiro Vladlen Tatarsky em um café em São Petersburgo. O arquivo de Trepova apareceu esta manhã no banco de dados dos Mais Procurados, pois foi relatado apenas que Trepova, nascida em São Petersburgo em 1997, era procurada no decorrer de uma investigação criminal.

Uma fonte disse à Interfax que Trepova havia sido presa. Mais tarde, descobriu-se que a mãe e a irmã da mulher foram levadas a um escritório de investigação para interrogatório, enquanto Trepova ainda estava fugindo.
“Eles não foram presos formalmente. Eles foram interrogados e uma decisão sobre sua situação processual será tomada com base nisso”, disse a fonte. Tatarsky foi morto ontem em uma explosão em um café em Universitskaya Embankment em São Petersburgo.

ISW: “Assassinato de blogueiro revela contradições no Kremlin”

O assassinato do blogueiro militar ultranacionalista russo Maxim Fomin, mais conhecido como Vladlen Tatarsky, em uma taverna de propriedade de Yevgeny Prigozhin, chefe do Grupo Wagner, em São Petersburgo poderia expor mais divisões dentro do Kremlin e seu círculo interno. Escrito pelo think tank americano em seu último relatório isw (Instituto para o Estudo da Guerra). Analistas do ISW chamaram a declaração de Prigozhin de “estranha” e disseram que ele não “culparia o regime de Kiev” pelas mortes de Fomin e Daria Duzhina (assassinada em agosto), apontando a responsabilidade de um grupo de radicais russos.

Rússia: Mulher presa por assassinar Tatarsky

Uma moradora de São Petersburgo de 26 anos, Daria Trepova, foi supostamente presa pelo ataque no qual o blogueiro ultranacionalista russo Vladlen Tatarsky foi morto. Isso foi relatado pelo Pravda da Ucrânia, um jornal online, citando a Interfax da Rússia como fonte. Segundo uma reconstrução preliminar, a jovem é acusada de trazer para o café uma caixa com o busto de Tatarsky, dentro da qual estava cheia de explosivos.

Exército de Kiev: ainda mantemos Bakhmut

Os militares ucranianos dizem que ainda controlam a cidade de Bakhmut, no leste da Ucrânia, que o grupo paramilitar russo Wagner disse ter capturado tecnicamente ao hastear a bandeira russa sobre a prefeitura.

Prigozhin: “Pegamos Bakhmut. A bandeira russa está tremulando sobre a prefeitura”

A batalha pela captura de Bakhmut terminou oficialmente, de acordo com a empresa mercenária Wagner. O anúncio foi feito por Yevgeny Prigozhin, que postou um videoclipe no qual afirma que a bandeira russa foi hasteada no prédio da administração municipal da cidade de Donbass, palco de confrontos violentos com os ucranianos há meses. “Tecnicamente, controlamos a cidade”, enquanto “o inimigo permaneceu nos bairros ocidentais”. Então Prigozhin dedicou esta vitória ao blogueiro ultranacionalista Vladlen Tatarsky, que foi morto algumas horas antes em um ataque em um café em São Petersburgo.

Prigozhin: “Bakhmut é nosso”

READ  Sarah Ferguson e Andrea, bomba sobre seu casamento após acusações de agressão sexual - Libero Quotidiano