Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Festival de Cinema de Orvieto: Hoje à noite começam as exibições de curtas-metragens

Orvieto – Quinta edição do Festival de Cinema de OrvietoFestival Internacional de Curtas-Metragens da Úmbria, que começou ontem, 20 de setembroterminará em 24 de setembro. Esta noite, 21 de setembro, primeira noite de exibição de curtas-metragens no Teatro Mancinelli.

Localizações

Quatro locais onde a revisão acontecerá: o Teatro de Projeções Mancinelli, a nova Biblioteca Pública “Luigi Fumi” para escuta guiada e dedicada à discografia de Franco Battiato, San Giovinale para a cerimônia de encerramento e o Palazzo Coeli, sede da Casa di Risparmio di Orvieto, para a apresentação dos 15 finalistas
O Concurso de Ilustração Invisível vem decolando nos últimos meses. Três categorias de
Curtas-metragens em competição: nacionais, internacionais e de animação. Seis shows nacionais pela primeira vez
E um mundo.

Curtas-metragens em competição e júri

A tradicional contagem regressiva em preto e branco para o início dos filmes é colorida em tons e multiplicada por 28. De fato, são vários os títulos sugeridos pela edição de 2022 do Orvieto Cinema Fest, festival internacional de curtas-metragens e terreno fértil para experimentação – o primeiro feito inteiramente na Úmbria – que, em meio a tantos eventos, não abre mão da qualidade. Nascido da paixão pelo cinema, o KERMIS foi desenvolvido por jovens voluntários que tornam este evento possível ano após ano. Para completar o programa, a presença de profissionais do setor que contribuíram para o enriquecimento do projeto foi possível graças à colaboração de dezenas de voluntários. No comando da equipe, Sarah Carpinelli e Stefania Fausto, Diretora Geral e Diretora Artística do Festival de Cinema, desde 2018, continuam interessadas em multilinguismo e atualidades. Além disso, as duas cofundadoras da organização contam com o apoio de Valentina Dalmonte e Francesca Bonfanti, fortalecendo ainda mais a carreira feminina do festival. O objetivo é aprimorar a expressão artística do curta-metragem, prestando atenção às vozes de direção emergentes. E fazê-lo bem na rúpia, na “cidade alta e peculiar” que, mesmo a quilômetros de distância, representa as raízes a serem defendidas e fortalecidas, ajudando a dar a conhecer seu patrimônio histórico, artístico e cultural. A arte deste ano traz a assinatura de Emiliano Ponzi e é uma celebração perfeita das edições passadas e futuras. Uma obra em que os holofotes estão centrados numa personagem que representa o espírito do festival: um jovem encontro, amante da beleza e do seu poder transformador, mas também um pouco de espírito punk e vontade de preservar a sua identidade.
O júri será presidido por Stefano Cibani e rodeado por Beatrice Baldacci e Benedetta Bini. Eles terão a tarefa de emitir portarias nos tribunais vencedores. Uma novidade foi adicionada ao júri oficial deste ano, nascido de uma colaboração com a AFIC, a Associação de Festivais de Cinema Italianos. De fato, haverá um júri composto por alguns membros do SNCCI, o sindicato nacional dos críticos de cinema italianos: Anna Pinella, David Magnesi e Roberto Baldassar. Eles têm a tarefa de conceder um prêmio dedicado em nome da associação. Ele também reafirmou o Prêmio MyMovies, que há anos busca uma colaboração frutífera com o festival. Quanto a curtas-metragens internacionais selecionados com interesse em diferentes idiomas, incluindo animação, “Belle River” (EUA), “Continuity of Parks” (Rússia), “Egúngún (Masquerade)” (Nigéria), “Heartbeat” (Suíça), Long Ladies’ Line (EUA), “Memoirs of a Changing Storm” (Grécia), “On the Throne of Xerxes (Grécia)”, Takanakoy “(Brasil),” Three Grains of Salt “(França),” Rasha “(Líbano) ) ), “Quando a andorinha voa para longe” (Bélgica), “Wild is the Spring” (EUA), “Bardo” (Irlanda), “L’Enfant et l’Oie” (França), “L’ Amour en plan (França), “Mais do que eu quero lembrar” (França), “Serra” (Estônia).
Por outro lado, da Itália, “Água que corre não leva veneno” de Leticia Zatti, “Face
De Travesseiro ‘a Saverio Capello, e novamente ‘O Oponente’ de Federico Rossoto, ‘Não
Quarto de Lucida “de Chiara Caterina”, “Ophelia” de Perfrancesco Pegazzi, “Inocentes Comuns”
Por Francesco Bolognese e Michele Cardano, “Tria. Sentindo-se traída por Julia
Grandinidade. Em seguida, a co-produção “Creaatura” (Itália, França) de Giada Bossi, “Puiet”
(Itália, Estados Unidos, Romênia) Lorenzo Fabro e Bronte Stahl, “Trompets in the Sky” (Palestina,
Líbano, França, Bélgica, 2022), “Garano” (Portugal, Lituânia).
Para a edição de 2022, as visualizações nacionais subiram para sete (Egùnrgùn; Heartbeat; Long
Linha feminina Takanakoi. Três grãos de sal selvagem são primavera), um dos quais
(Continuidade dos parques) também é global. Curta-metragem do jovem diretor russo Xenia
Kazankina será apresentado pela primeira vez em Orvieto, já tendo conquistado
Seleção em dois festivais elegíveis ao Oscar, Nashville e Tirana.

READ  "Aqui está a verdade"

um programa

Ontem, 20 de setembro, às 18h, teve início com a abertura inaugural da exposição dos trabalhos finais do Concurso de Ilustração, a leitura da Associazione Lettere Portali e a premiação do vencedor do concurso “Mudanças Climáticas? Reivindicar Mudanças!” competição em colaboração com a ONG Accra e com o apoio do Instituto Budista Italiano.
Em seguida, no guia da Biblioteca Luigi Fiume para ouvir a discografia de Franco Battiato, um dos pilares da música e da cultura italiana no século XX ao qual Orvieto Cinema Fest quis prestar homenagem.
Venha hoje, quarta-feira, 21 de setembro: a primeira noite do dia
Exibições de curtas-metragens que acontecerão na noite de quinta-feira, 22,
sexta-feira 23 e sábado 24 de setembro). Nesta última data, a partir das 18h30 para chegar ao fim das vagas na Gala de Prémios pendente às 20h30 e às 22h30 na Cerimónia de Encerramento com entrada gratuita no San Giovenal com DJ set de Bruno Bellissimo. A OCF conta com o patrocínio e apoio do Ministério da Cultura e orgulha-se da Acea Ambiente e da Fundação Cassa di Risparmio di Orvieto como principais patrocinadores. Além dos direitos humanos, sociais, ambientais e de gênero, a questão ambiental é um dos principais temas do festival, a partir da segunda edição, ano em que “Mudanças Climáticas” foi tema de uma seção dedicada de curtas-metragens e um convite aos artistas. Os momentos de encontros cinematográficos não param por aqui, e desta vez os jovens estão participando. Durante os dias do festival, a jurada Beatrice Baldacci conhecerá alunos do Liceo Scientifico Ettore Majorana, enquanto Michelangelo Garrone conhecerá alunos do Liceo Artistico Livio Orazio Valentini.
“Esta edição – dizem Sarah Carpinelli E a Stefania Fausto – Ele quer que seja de
Maturidade, evidenciada pelo aumento da participação de concorrentes e
De apreço que vem de muitas partes. É com grande satisfação que
Tomamos nota do interesse que fundações e patrocinadores dão à OFC
Especial. Tanto para fazer parte da associação do Festival de Cinema Italiano deste ano e
Para receber uma contribuição do Ministério da Cultura. Em tempos frágeis como
Das que passamos, a importância internacional do festival é também um contributo
ao conhecimento. E ao diálogo de diferentes histórias e culturas sobre nossas culturas, para sempre compartilhá-las
densidade mais alta. Na norma não há necessariamente ideia do feminino
Bônus como tal, mas a percepção de que se o cinema é uma linguagem sim
Ele transcende os gêneros, e a sociedade não. Adoraríamos relançar um agressivamente
E é uma prática que, após esses dois anos de pandemia incerta, se perde ainda mais:
Necessidade de voltar aos cinemas, onde as imagens na tela grande
Eles nos controlam e permitem uma fruição mais abrangente.”

READ  Boletim e Remoção ISOLA DEI FAMOSI 2022 Episódio 10 / Gustavo Entre as Controvérsias

************

informações
www.orvietocinemafest.com
Link para reservar noites de entrada gratuita nos dias 21, 22, 23 e 24 de setembro no teatro
Mancinelli: https://proleggiounposto.it/orvietocinemafest/