Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

“Ela sobreviveu flutuando nas ondas por 24 horas.”

a história – Folau estava caiando sua casa em uma ilha Como Quando seu irmão e sobrinho o avisaram sobre o tsunami. Em um instante eles foram inundados e a água estava por toda parte. Enquanto seu irmão pedia ajuda, ele e sua sobrinha subiram em uma árvore. “Sou deficiente, ando muito mal e a criança anda melhor do que eu”, disse o carpinteiro, contando sua história na rádio local.

Quando as ondas se acalmaram decidiram descer da árvore, mas só naquele momento outra onda os subjugou e os arrastou para o mar aberto. Naquele momento eles não tinham reserva, eram sete da noite e estava muito escuro. Lisala e sua sobrinha flutuam, levadas pela corrente, chamando uma à outra. “Uma vez, da praia, ouvi meu filho gritar meu nome”, disse o homem, acrescentando que decidiu não responder a ele sabendo que arriscaria sua vida para salvá-lo.

Então ele procurou um toco para se segurar, acreditando que pelo menos, se ele morresse, sua família recuperaria o corpo. Em vez disso, com seu carro improvisado, ele conseguiu chegar a outra ilha, Tokitok, vendo um barco de patrulha da polícia, pegou um pedaço de pano e começou a sacudi-lo, mas não conseguiu se mostrar. Resolveu então tentar mudar-se para outra ilha, a ilha de Bolu, onde – a partir das 10 da manhã – chegou por volta das 18 da noite.

“Gritei por socorro, mas não havia ninguém. Pensei em minha sobrinha que foi morta enquanto eu sobrevivi”, disse ele. Às nove da noite, ele conseguiu chegar a Sobu, onde tropeçou por uma estrada asfaltada e foi salvo por um carro.

a guardião, que transmitiu sua história, não conseguiu provar o que havia acontecido com o irmão e os sobrinhos do carpinteiro. No entanto, apenas três mortes foram confirmadas após o tsunami que varreu o arquipélago e nenhuma de Atata.

READ  "Lá eles desativam o transceptor...". Imprudência do czar e seus homens