Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Bari, Florença e Perugia nas urnas.  Cagliari e Bergamo no centro-esquerda, Pescara e Campobasso no centro-direita

Bari, Florença e Perugia nas urnas. Cagliari e Bergamo no centro-esquerda, Pescara e Campobasso no centro-direita

Entre as cidades convidadas a renovar a Câmara Municipal, as projeções para Bérgamo (cobertura amostral de 15%) mostram a candidata de centro-esquerda Elena Carnevalli eleita no primeiro turno (56,3%), seguida por Andrea Pessotta, de centro-direita, 40,3% e Vittorio Apicela (M5S) com 3,4 por cento.

Primeiro Cidadão no primeiro turno, novamente segundo as previsões de Roy, em Cagliari, o candidato de centro-esquerda Massimo Jetta com M5S 59,8%, Alessandra Jetta (centro-direita) 34,6% e 2,6% de Giuseppe Farris (lista de cidadãos). Acima do limite de 50%, e portanto eleito na primeira volta neste caso, o candidato de centro-direita em Pescara é Carlo Maski (51,4%), seguido por Carlo Costantini (centro-esquerda + M5S) com 33,2% e Domenico Pettinari ( lista de cidadãos) com 13,7%.

No entanto, duas semanas em Florença, Sara Funaro (centro-esquerda) com 42,1%, seguida por Eike Schmidt (centro-direita, 33,3%) e Stefania Zaccardi com 6,3% (centro). Em Bari, a participação foi de 47,1% para Vito Lecce (centro-esquerda), 29,1% para Fabio Romito (centro-direita) e 22,3% para Michele Laforgia (M5S).

READ  Uma discussão complexa sobre a lei da eutanásia em Portugal