Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Agora pagamos a conta – Il Tempo

Agora pagamos a conta – Il Tempo

O bônus de superconstrução que afeta as finanças públicas italianas “foi realmente a medida mais perversa que este país já introduziu porque cria desastres”, disse a economista Veronica De Romanis durante o episódio de sexta-feira, 12 de abril, de L'aria che tira, um programa apresentado por David Parenzo em La7. O ministro da Economia e Finanças, Giancarlo Giorgetti, falou do “efeito destrutivo dos superbônus e similares”, em suma, das medidas totêmicas de Giuseppe Conte. Já no Def, “o documento de economia e finanças que representa o quadro dentro do qual podemos avançar para a lei orçamental”, está “um pouco animado porque o impacto do bónus 110 não é certo, aumenta sempre mais”, explica Def. . Ciganos.

Processo Schlein gigante, análise Milli reduz o frio: reação Formigli

Mas por que ainda sabemos o quanto o bônus de construção pode afetar os cálculos? O custo “está a aumentar cada vez mais porque depende de como o crédito é transferido, mas também das medidas que o governo tomará” que provavelmente “tentará realmente evitá-lo tanto quanto possível”. No entanto, “nos próximos anos haverá impacto na dívida porque o montante dos rendimentos diminui”, afirma o economista. Ele não foge: “A conta agora tem que ser paga. Viemos de um período muito longo de refeições gratuitas em que a conta não foi paga”.

A loucura extra de Conte, o advogado dos ricos especializado em cursos

READ  O grande salto de Portugal: Moody's eleva-o para "A3"