Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Teatro, a cortina sobe em Livorno para o Festival Mascani

Sábado, 9 de julho de 2022 – 16:23

Teatro, a cortina sobe em Livorno para o Festival Mascani

A primeira apresentação de sempre da Ópera Pinotta será encenada esta noite

Teatro, a cortina sobe em Livorno para o Festival Mascani

ROMA, 9 de julho (Askanews) – A terceira edição do Festival Mascagni começa na fortificação que fica à beira do Porto Mediceo em Livorno, a antiga fortaleza. A estreia da ópera de Binotta acontecerá no próximo dia 9 de julho no Palco della Cisterna.

“Há noventa anos, a ópera Binotta de Pietro Mascani estreou em Sanremo. Neste importante aniversário, pensei (diretor artístico Marco Follieri) que o Festival Mascani era o lugar perfeito para representar este trabalho, pela primeira vez em sua cidade natal.” O arranque do raro Festival de Mascagni é precedido por um concerto para solistas e orquestra, com a participação dos cantores vencedores do primeiro concurso “Voci Mascagnane” seleccionados pela Academia Mascagni, uma faixa altamente especializada, agora na sua segunda edição que viu a participação de professores de renome internacional.


Vinte e quatro eventos programados de 9 de julho a 3 de setembro, do antigo castelo ao novo castelo, e do santuário de Montenero ao terraço Mascani, que inclui a província de Livorno com os eventos de “Terre mascagnane” e a travessia do Fronteira Labron, com dois eventos de “Mascagni” Fuori Porta”, em Lucca e Coimbra (Portugal).

Um dos destaques do festival a não perder no dia 17 de julho, novamente no lugar histórico do antigo castelo, por ocasião do centenário da morte de Giovanni Verga, é a leitura teatral “Mascagni vs Verga”, uma peça teatral performance que resume os personagens do escritor e compositor siciliano de Labron, e conta de forma maravilhosa e profunda a briga entre os dois, em referência à Cavalleria rusticana. Dois rostos famosos do cinema italiano serão os protagonistas: Alessandro Preziosi interpretará Pietro Mascagni, enquanto Marco Bocci dará voz a Giovanni Verga. Dramaturgia com curadoria de Alessandro Rossi.


De grande importância nesta terceira edição é a presença das grandes orquestras: a Orquestra da Toscana, dirigida por Roberto Gianola, a Orquestra Sinfónica Calabrese, dirigida por Salvatore Accardo, a Orquestra Clássica do Centro em Coimbra, a Orquestra do Teatro Goldoni. Livorno, dirigido por Francesco Di Mauro e a Orquestra Arcangelo Corelli, e dirigido por Alicia Galli.

Além de produções operísticas e concertos com repertório lírico, sacro, contemporâneo e jazzístico, o festival contará com a inovadora forma “Mello Logic: Uma Investigação da Música”: acreditamos que a ópera, no século XXI, também pode e deve ser narrada com os instrumentos inovadores que agora fazem parte de nossas vidas. Para isso nasceu o Melo-Logic: um formato contemporâneo de produção musical orquestral que visa experimentar novas formas de divulgação artística da música, que aliam entretenimento e interação com qualidade musical.


READ  Cagliari chegou à Peugeot: começa a retirada

Participar em: