Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Superbônus: O próximo passo para recuperá-lo e todas as novidades para 2022

Não há mais mudanças regulatórias, mas uma circular da Receita Federal. Este é o passo em consideração para reiniciar o mecanismo de super-recompensa de 110% e, principalmente, a transferência de saldo, que se desviou no período passado. Pare, salvo surpresas, para outras correções: Com o vencimento do governo, é muito difícil encontrar acordos sobre mais depósitos.

Em vez disso, as oportunidades de reinício passarão de uma nova intervenção da Receita Federal para operar no período de verão: isso é esperado nas próximas semanas. Enquanto isso, para avaliar todas as notícias em 110%, um guia será publicado com Il Sole 24 Ore na quarta-feira, 10 de agosto, explicando tudo o que mudou em 2022.

saldo positivo

Os dados de 110% indicam, de fato, que as arenas que querem ter acesso à super recompensa continuam abertas. O total de investimentos aceitos para dedução agora se aproxima de € 40 bilhões (39.751 milhões, para ser exato) para quase 224.000 confirmações. Correspondem a pouco menos de 44 bilhões de deduções previstas ao final do negócio (exatamente, 43.727 milhões). Os investimentos concluídos excedem € 28 bilhões, com pouco menos de € 31 bilhões de descontos já acumulados. Os investimentos aceites a 110%, só no mês de julho, rondam os 4,5 mil milhões de euros.

Responsabilidade compartilhada

No entanto, algumas questões permanecem em aberto. A Circular 23/E da Receita Federal, publicada em junho, dedicou um grande capítulo à questão da responsabilidade conjunta e múltipla dos compradores de empréstimos. Basicamente, diz-se que os compradores (como os bancos) devem fazer uma série de verificações nos créditos indicados na receita, para evitar serem chamados para responder a concorrência por algum golpe.

O princípio, ou seja, a fraude não deve ser ocultada por meio de vendas. E quem compra deve ser muito diligente em verificar o que está comprando. Se ele não exercer essa diligência, poderá ser chamado a responder posteriormente.