Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Guerra na Ucrânia Rússia, as últimas notícias em 6 de agosto sobre a crise

Blinken na África amanhã para combater a influência russa

O secretário de Estado dos EUA, Anthony Blinken, inicia sua viagem pela África amanhã com o objetivo de “combater a influência russa”, segundo analistas. A primeira paragem é a África do Sul, que será seguida pela República Democrática do Congo e pelo Ruanda. A missão de Blinken segue uma visita do ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, nos últimos dias, onde visitou Egito, Uganda, Etiópia e República do Congo para angariar apoio à Rússia, cada vez mais isolada da comunidade internacional após sua guerra contra a Ucrânia. O presidente francês Emmanuel Macron também se dirigiu à África, onde visitou Camarões, Benin e Guiné-Bissau com o objetivo de renovar as relações da França com o continente africano, escreveu a France 24, que é a segunda viagem de Blinken à África desde sua nomeação como ministro das Relações Exteriores. Sua primeira visita remonta a novembro de 2021 com o objetivo de “restabelecer as relações EUA-África após a presidência de Donald Trump, demonstrando o compromisso dos EUA com a democracia e demonstrando o interesse dos EUA em suas relações com as nações africanas”, segundo Douglas. Yates é um cientista político especializado em política africana que leciona na Escola Americana de Pós-Graduação em Paris. A África do Sul, como outros 16 países africanos, absteve-se de votar na resolução da ONU condenando a invasão russa da Ucrânia, enquanto a República Democrática do Congo e Ruanda votaram a favor.

READ  Forte terremoto na Austrália perto de Melbourne, terremoto de magnitude 5,9 é um evento raro. Vídeo «3B Meteo