Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Festival de Ciência e Filosofia: Umbria e Marche unidas em nome do conhecimento

Festival de Ciência e Filosofia: Umbria e Marche unidas em nome do conhecimento

por Julia Santi

As conferências e workshops visam transmitir curiosidade e conhecimento, e é esse o objetivo do “Festival de Ciência e Filosofia”, que este ano se chama “Ulisses do Século XXI – A Ciência como Ferramenta para Enfrentar as Crises Globais”. O evento acontecerá em Foligno de 20 a 23 de abril e, pela primeira vez, Fabriano também participará de 21 a 22 de abril.

o programa A edição deste ano conta com 130 conferências em Foligno e 17 em Fabriano e será dirigida a todos, com maior atenção aos alunos. Os tópicos abordados vão desde as mudanças climáticas até a desigualdade de gênero. A entrada é gratuita, mas é necessário fazer reserva no site oficial do evento. “Ulysses XXI Century” é promovido e organizado pelo Laboratório de Ciências Experimentais Odv em colaboração com o Município de Foligno, com a Região de Umbria e com a Sociedade de Reflexologia Oicos ​​e, a partir deste ano, também com o Rotary Club de Fabriano , o município de Fabriano, a região de Marche e o apoio do Rotary Club de Foligno . Os diferentes organizadores dividiram o evento em três áreas: conferências, laboratórios do projeto “Experimenta” e diversos roteiros culturais elaborados por diversas associações, escolas e outros temas da área.

Fabriano “O objetivo das conferências – explica Doriano Tapocini, presidente do Rotary Club Fabriano de Umbria 24 – é despertar o interesse por temas de interesse da sociedade. Mas não é tudo, também queríamos dar aos jovens a oportunidade de conhecer uns aos outros ». Esses são os verdadeiros protagonistas desta segunda edição Ten. De fato, estudantes de ambas as cidades também participaram da organização do evento. “A juventude de Fabriano – explica Fausto Buratino, membro do Comitê Organizador de Fabriano – contribuirá com brindes para os palestrantes. Cada escola trará algo de sua própria criatividade. Águas fortes da Escola de Arte, marcas d’água do Instituto Tecno Industrial, farinha de trigo velha da agricultura, etc. “A festa não será só de conferências – diz Tabocchini a Umbria 24 – mas também de uma série de workshops. O projeto, denominado Experimenta, é organizado em colaboração com universidades da região de Marche, cada uma das quais contribuirá Em um laboratório: robótica com a Universidade de Ancona, química com a A Universidade de Camerino e a Universidade de Urbino explicarão o funcionamento dos terremotos.

READ  Os médicos não têm dúvidas: esses alimentos que consumimos todos os dias encurtam a nossa vida