Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Exposição “Mulheres da Ciência” no Templo do Volta a partir de hoje sem reservas.  Cantiere Giardini, Colombo: “A estrada protegida evitará o fechamento”

Exposição “Mulheres da Ciência” no Templo do Volta a partir de hoje sem reservas. Cantiere Giardini, Colombo: “A estrada protegida evitará o fechamento”

Depois de meses fechado – ou melhor, abrindo apenas por reserva – o Templo de Volta finalmente reabre suas portas e o faz com uma pequena exposição dedicada a duas mulheres da ciência de Como que foram contemporâneas de Alessandro Volta e do cientista com estreitas relações de respeito e amizade, Teresa Ciceri Castiglioni e Candida Lina Perpenti, que abrirão hoje à noite (28 de abril) às 18h.

Para acolher os visitantes, de fato, um semicírculo de painéis reúne a história das descobertas dos dois cientistas, o agrônomo Castiglione que idealizou um método de obtenção de fios e tecidos a partir dos tremoços e introduziu o cultivo da batata para uso alimentar em Camnago e Perebenti. Ph.

“Optamos por reabrir o templo aos cidadãos e turistas com uma data que visa dar a conhecer o nosso passado através de personalidades que dedicaram a sua vida à ciência e que merecem reconhecimento – disse o Assessor da Cultura Henrique Colombo – E o importante a destacar, é que estamos fazendo isso com uma galeria projetada e criada inteiramente pelo Setor de Cultura do Município de Como.

“Esta não é uma exposição de cima para baixo, mas parte integrante do programa de desenvolvimento de três anos de nossos museus, que já começou com a Pinacoteca”, explicou. Verônica VitaniResponsável dos Museus Cívicos – o projeto continuará também no futuro a valorizar o templo com outros eventos pensados, no entanto, para criar um diálogo permanente entre o contentor e o conteúdo, como é o caso desta exposição.

O projeto expositivo visa unir os museus, como aqui se apresentam as peças que vêm do Museu Histórico, mas também amarrar os fios da região através da história de duas mulheres científicas intimamente ligadas à história da nossa cidade, que era necessário salientar, mas também envolvendo os jovens como aconteceu com Um capítulo do Liceo Carcano que se interessou pela gráfica de cartazes – acrescentou finalmente um curador Marco Cosandi – Também atualizamos o aplicativo complementar para os visitantes descobrirem o templo e o próximo passo também será atualizar o dispositivo educacional do templo que atualmente está disponível apenas em cartões de papel. Já estamos trabalhando no projeto em colaboração com o arquiteto Piero Mazzoli, que também se interessou em desenhar painéis para esta exposição que, sendo modulares, poderiam ser reaproveitados em outros eventos futuros.

READ  A casa de química onde Primo Levi trabalhou

Mas como a reabertura do templo pode coexistir com o próximo início da reconstrução do local dos jardins à beira do lago? E sobretudo, foram ultrapassados ​​os problemas de aquecimento que levaram à decisão de fechar o monumento ao público durante a época de inverno?

“Tanto o templo quanto o memorial de guerra também serão acessados ​​durante as obras graças ao caminho protegido pelo Viale Vittorio Veneto – explicou Colombo – enquanto, com relação à abertura do templo durante a próxima estação fria, já alocamos os fundos necessários para a construção de um novo sistema de aquecimento que nos permitirá resolver o problema com soluções no próximo inverno.”

Mulheres da ciência. Teresa Ceseri Castiglioni e Candida Lina Perpenti

28 de abril a 5 de novembro de 2023

Templo de Volta – Como

Das 10h às 18h (fechado à segunda-feira)

info visitcomo.eu