Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

É assim que as casas são distribuídas no Lazio

Afinal é polêmico Área de Lazio Por meio de Maria Adelaide, que está ocupada ilegalmente há 16 anos, para vender a propriedade à Ethereum em Roma até que a agência de habitação pública local encontre abrigo para todas as disputas.

Muitos cidadãos romanos continuam subindo na hierarquia e aguardam para ter uma congregação em casa, no entanto, Nicola Zingretti surpreende a todos ao confirmar que um novo abrigo será garantido para os ocupantes irregulares do prédio localizado perto da Pizza del Bobolo. Não apenas isso. Com exceção desse tipo de anistia, que veio com a resolução de 13 de julho, não haverá sanção administrativa Errado.

Uma verdadeira piada contra civis, conforme relatado pela conselheira da Liga do Norte, Laura Corotti, na região de Lazio. “Com o pretexto de libertar bens, a região está a disponibilizar mais habitações comunitárias a bombistas, a favor de ocupantes ilegais e a prejudicar pessoas que há anos esperam por um lar público.“, Representante de Carocio atacado.

Ajuda para posseiros

A questão da propriedade via Maria Adelaide certamente não foi a única que viu Zinga e seus heróis governantes. De acordo com informações provenientes de Clima, Existem muitos Correções As ocupações incorretas são apresentadas pela maioria no orçamento combinado: de 42 artigos, planos para 400 emendas, 150 das quais apresentadas pelos democratas e pelo Movimento 5 Estrelas.

Por exemplo, a alteração 285 propõe não cobrar Permissão administrativa É concedida por lei àqueles que ocuparam ilegalmente uma casa de Ater e depois gozaram de uma anistia geral aprovada em 2020. Depois, há a Emenda 381, que permite que aqueles que ocupam ilegalmente uma casa participem de licitações aéreas, aloquem uma casa, pelo menos depois de 5 anos. A alteração 264 visa isentar as residências privadas que manuseiam projetos semi-autônomos de outros edifícios residenciais e semi-residenciais das permissões exigidas por lei.

READ  Decisão sobre a mosca e a bola no canto das traves

Em suma, estar vinculado a um orçamento apresentado a um conselho regional corre o risco de se tornar um feixe de regras de natureza e necessidade diferentes, um tipo Perna de tudo. Com exceção de uma medida que visa garantir o crescimento econômico e o desenvolvimento da região. Entre as mudanças propostas está o nº 253, que busca transformar ajudas públicas e instituições de caridade (IPOs) em associações ou fundações privadas, e o nº 264, que fala sobre aulas de treinamento para reabilitação de cães.