Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

“Duas facadas fatais por problemas com drogas”

“Duas facadas fatais por problemas com drogas”

Treviso – 11 de maio, haverá conflito na venda de certa quantidade de drogas com base na disputa ocorrida na tarde de ontem em Varago D.

Acesse o artigo e todo o conteúdo do site
Aplicativo exclusivo, com newsletters e atualizações ao vivo.

Oferta especial

Melhor oferta

ano

€ 49,99

€ 11,99
por 1 ano

Ative agora

– ou –

Inscreva-se pagando com o Google

Oferta especial

Leia o artigo e todo o site ilgazzettino.it

1 ano por 9,99€ € 69,99

Ou
1€ por mês durante 3 meses

Renovação automática. Desligue quando quiser.


  • Acesso ilimitado aos artigos do site e app
  • 7:30 Bom Dia Boletim
  • Todos os boletins temáticos
  • Insights e notificações ao vivo
  • Ao vivo exclusivo

TREVISO – Na tarde de ontem, 11 de maio, em Varago di Macerada (Treviso), uma disputa entre alguns jovens entre 17 e 18 anos resultou em um conflito decorrente da venda de uma certa quantidade de drogas. Aymen Ada Benamour, um estudante de 17 anos, foi morto com duas facadas no estômago. Isso foi relatado por fontes dos Carabinieri, que encontraram algumas doses de haxixe nas proximidades da cena do crime, além de uma faca de cozinha, ferramenta que se acredita ter sido usada no ataque. Depois de alguns testes nos três jovens, o jovem de 18 anos, que agora está preso, foi indiciado por homicídio culposo. sobre isso Elia Fiorindi Em auto-relatos, Ayman admitiu ser o responsável pelas facadas que mataram Ada Benamour. Procurador de Treviso Marco Martani: “Um jovem de 18 anos de Treviso foi preso e confessou o assassinato, indicando que ocorreu no contexto de um tráfico de drogas. Na verdade, encontramos uma faca de cozinha usada no crime, meio quilo de haxixe e nove embalagens com um total de cerca de nove gramas da droga e 240 euros em dinheiro.

READ  A reação a um ranking não foi aceita

Reconstrução

Reconstituição do sucedido: O detido apresentou-se com dois amigos no autocarro de Treviso para entregar o haxixe à vítima. Mas o homicídio teria ocorrido quando o esfaqueador e a vítima estavam sozinhos. Quando os amigos de Aymen Ada Benamour perceberam o que havia acontecido, eles tentaram ajudá-lo, mas não havia nada que pudessem fazer. A vítima teria sido atingida com dois golpes, um no estômago e outro na lateral, este último fatal.

Leia o artigo completo
Em Il Gazzettino