Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Cibercrime e links maliciosos transmitidos por mensagens: 9 em cada 10 no WhatsApp

está trollando Por meio de phishing, o fraudador tenta enganar a vítima para que obtenha informações pessoais, dados financeiros ou códigos de acesso em um site enviado com a mensagem. Muitas vezes, esses portais falsos reproduzem os de assuntos reais, que podem ser correios, bancos, entidades ou empresas de vários tipos.

Em 2020, os aplicativos de mensagens ultrapassaram as mídias sociais – O relatório do estudo é o resultado de dados anônimos, fornecidos voluntariamente por usuários do Kaspersky Internet Security para Android. Como explica a Kaspersky, os aplicativos de mensagens ultrapassaram as redes sociais em 20% em popularidade entre os usuários em 2020, tornando-se a ferramenta de comunicação mais usada.

‘Precisamos de tecnologias avançadas’ – “No combate ao phishing em aplicativos de mensagens, você precisa ter muito cuidado, contando com as tecnologias anti-phishing mais recentes”, comentou Tatyana Shcherbakova, analista sênior de conteúdo da Web da Kaspersky.

Mais de 3 bilhões de usuários até 2023 Os resultados da pesquisa também mostram que, em 2020, o número total de usuários desses aplicativos, globalmente, é de 2,7 bilhões, número que deve crescer para 3,1 bilhões até 2023. Número que representa cerca de 40% da população mundial. Em termos de número de ataques de phishing registrados por usuário individual do WhatsApp, o registro vai para o Brasil com 177 ataques, seguido pela Índia com 158.

READ  Final Fantasy X é a última verdadeira obra-prima da Square Enix?