Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Campanha de JK Rowling contra a lei escocesa que pune a transfobia: 'Prenda-me'.  Resposta da polícia

Campanha de JK Rowling contra a lei escocesa que pune a transfobia: 'Prenda-me'. Resposta da polícia

A transfobia da autora de Harry Potter, JK Rowling, não tem limites. A escritora regressou à luta contra a comunidade transgénero depois de a lei anti-discurso de ódio na Escócia ter sido alargada para incluir aqueles que expressam ideias ofensivas contra a identidade de género. O comentário da escritora de sagas mais famosa do mundo, já conhecida por suas opiniões polêmicas sobre pessoas trans, foi imediato. No X (antigo Twitter), ele criou uma série de tweets listando todas as pessoas trans que cometeram crimes brutais. Ele então comentou: “Se perseguem uma mulher só porque ela chama um homem de homem, repetirei as palavras daquela mulher e eles poderão acusar a nós dois ao mesmo tempo. A liberdade de expressão e de crença acabará na Escócia, uma vez que a descrição correcta do sexo biológico será considerada crime.


Resposta da polícia da Escócia

A provocação do escritor também chegou à mesa da polícia escocesa, que fez questão de responder esclarecendo que os comentários sociais de Rowling não seriam tratados como criminosos. A polícia disse ter recebido diversas reclamações, mas não tomaria nenhuma providência. A reação da autora de Harry Potter foi imediata, e ela compartilhou a reação policial, comentando: “Estou confiante de que todas as mulheres – independentemente do perfil ou situação financeira – serão tratadas igualmente perante a lei”. Em diversas ocasiões, Rowling gerou debate sobre sua cruzada contra as pessoas trans, a ponto de seus leitores ficarem divididos entre aqueles que a apoiam como escritora e aqueles que, apesar de amarem seus livros, não conseguem deixar de condenar suas posturas.

READ  Discurso de Putin hoje no Dia da Vitória na Rússia - Corriere.it

Leia também: