Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Bélgica e Roménia 2-0: Golos de Tielemans e De Bruyne no Campeonato da Europa de 2024

Bélgica e Roménia 2-0: Golos de Tielemans e De Bruyne no Campeonato da Europa de 2024

Outro gol (o terceiro do atacante) foi anulado pelo VAR, mas o time de Tedesco voltou a disputar as oitavas de final, em grupo com 3 equipes.

Francisco Calvi

22 de junho de 2024 (alterado às 23h09) – Milão

Esta é a verdadeira Bélgica. Potente, rápido e com muita qualidade. Ele desperdiçou muito, mas no final conseguiu três pontos-chave. Depois de uma derrota chocante na estreia frente à Eslováquia, Lukaku e os seus companheiros venceram a Roménia por 2-0 (golos de Tielemans e De Bruyne) e embaralharam as cartas no Grupo E: todas as equipas têm 3 pontos na classificação, e na última jornada pode acabar no topo..ou em último lugar.

Controle belga

Em comparação com o jogo contra a Eslováquia, a seleção comandada por Domenico Tedesco parece renovada. Onana brilha na frente da defesa, De Bruyne se reinventa como maestro enquanto Lukebakio e Doku – especialmente Doku, que é tão inspirador – envenenam os laterais adversários com traições. E Lukaku? Big Rom fica lá na frente e faz os passes, sempre pronto para receber de costas para o gol e dar assistências aos companheiros mais próximos. A lição foi instrutiva logo aos 75 segundos: um passe de Curl de Doku, um passe para Romelu que para e protege e um chute para Tielemans: um chute da ponta do meio-campista que acabou no fundo da rede. Por um momento parecia que a Roménia poderia competir, porque aos quatro minutos Dragosin assustou Castelas com um cabeceamento astuto. Pelo menos na primeira metade, o episódio se mostra mais único do que raro. Aos 13 minutos, Lukaku demorou a converter e bloqueou um potencial remate de 2-0, e depois a Bélgica também falhou com Doku e Lobacchio. O extremo do Sevilla também recebeu o segundo cartão amarelo em duas partidas, o que o fará perder o jogo contra a Ucrânia. Aos 45 minutos, a Romênia volta ao vestiário sufocada pela pressão alta dos belgas.

READ  Fórmula 1, Grande Prêmio da Espanha, resultado: Verstappen vence Norris e Hamilton. Leclerc foi o quinto à frente de Sainz e então a polêmica surgiu na Ferrari

Recuperação

O jogo ficou mais equilibrado no segundo tempo, com Stanciu e seus companheiros tentando penetrar principalmente pelas vias centrais. Mann e Mihila, alas que voltavam da promoção à Série A pelo Parma, criaram duas boas chances. A Bélgica voltou ao jogo com De Bruyne (chute ao lado), Doku e Lukaku, que marcaram o segundo gol, comemorando e… encerrando a partida com um sorriso amargo. Após a anulação dos dois gols contra a Eslováquia, aqui vai mais uma piada após a verificação na sala do VAR: impedimento. A Bélgica dominou, mas não fechou o placar, enquanto a Romênia dominou o campo e, em alguns momentos, deu a impressão de que era capaz de virar o placar na melhor das hipóteses. Sem problemas. Depois de mais uma tentativa de Lukaku (defesa), aos 80 minutos, o capitão De Bruyne carrega o time nos ombros: o meio-campista do City entra atrás da defesa adversária após ser afastado do goleiro de seu time, e finaliza cara a cara com Neita na final 2. -0. A Bélgica regressou ao seu nível, mas agora não deve perder o rumo. No quinto set, neste momento, tudo pode realmente acontecer.