Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

França, prefeitos de Macron após a violência.  Bourne: quase 4.000 prisões

França, prefeitos de Macron após a violência. Bourne: quase 4.000 prisões

Paris, 4 de julho. (askanews) – Emmanuel Macron recebeu no Eliseu mais de 200 prefeitos de municípios afetados pelos protestos que alimentaram a França nos últimos dias após a morte de Nael, um jovem que foi morto por um policial em Nanterre. O presidente francês disse estar cauteloso quanto ao retorno à calma, fazendo um balanço da violência nos últimos dias, com o objetivo de “iniciar um trabalho mais detalhado e de longo prazo para entender os motivos” que levaram o país a mergulhar na turbulência.

O Home Office relatou uma queda acentuada na violência durante a noite, com 72 pessoas presas, em comparação com várias centenas na noite anterior. A primeira-ministra Elizabeth Borne defendeu a necessidade de unidade nacional após os distúrbios e reiterou a linha dura do governo:

“Quase 4.000 pessoas foram presas. O Ministro da Justiça enviou uma circular aos Ministérios Públicos pedindo uma resposta pronta, firme e sistemática de todos os responsáveis, e posso confirmar, Senhor Presidente, como dissemos ontem, o Ministro está particularmente exigindo que a justiça proceda a sanções penais contra os pais que deixaram seus filhos para trás.” Jovens de 12, 13 e 14 anos perambulando à noite, incendiando nossas prefeituras e nossas delegacias. No total, ontem à noite, cerca de 700 pessoas e há cerca de 800 detenções em curso, resposta criminal está em curso, pesadas penas impostas, inclusive Naquele confinamento com mandado de detenção, já se encontram 350 pessoas na cadeia.”

READ  Julia de Lillis: “Como estou feliz em dirigir” IE Jamila: A influenciadora sexy ao volante