Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Área Fvg, Examine as algas tóxicas de Duino Aurisina

Área Fvg, Examine as algas tóxicas de Duino Aurisina

(ANSA) – Trieste, 22 de agosto – “Após a descoberta da alga venenosa Ostreopsis ovata acima do nível limite na localidade de Canovila degli Zopoli em Duino Oresina (Trieste), foram imediatamente desencadeadas ações que previam uma intervenção da ARPA e comunicação com o regional sistema de saúde.
Continuamos as investigações da primeira amostragem com o Município de Duino Auricina. A ARPA, depois de reportar os resultados da primeira amostra à Direcção Provincial e Municipal de Saúde, já prevê colher uma segunda amostra nos próximos dias para prosseguir com as medidas previstas de protecção da saúde e do ambiente.
O anúncio foi feito por Fabio Scosimaro, Consultor de Defesa Ambiental de Friuli Venezia Giulia, após confirmar a presença da alga tóxica Ostreopsis ovata em Duino Aurisina nas últimas horas.
“Essas algas – explica uma nota da área – produzem toxinas que podem causar diversas doenças em humanos (através da inalação de aerossóis contendo partes de células de microalgas e/ou toxinas podem causar doenças respiratórias com rinite, faringite, laringite e às vezes conjuntivite associada à faringite (febre , náuseas ou vómitos) e o ambiente através da proliferação de algas que provocam alterações ambientais com consequentes danos, mesmo graves, ao ecossistema, como a morte de muitos organismos marinhos.
“Uma situação semelhante – observou o Comissário Scocimaro – já aconteceu no verão de 2020. O monitoramento por parte da ARPA será contínuo e as verificações serão repetidas na próxima quinta-feira com novas amostras colhidas. E se o limite de alarme esperado for excedido – como ele afirma – o município terá que prosseguir com a ordem de interdição da área onde se encontra a alga.” (lidar).

READ  A seguradora indemniza-a no valor de 5,2 milhões de euros