Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Pela primeira vez, não são apenas os ricos que vão para Regio: no dia 19 de La Traviata eles se reúnem

Turin. A linguagem da solidariedade e da inclusão é falada através da atuação de Giuseppe Verdi, “La traviata”, realizada na quarta-feira 19 de maio em Reggio, Torino, que se casou com a proposta do Arcebispo, Dom César Nociglia. Uma noite, ópera e veludo precioso na sala mais elegante de Torino abre suas portas para os mais pobres.

O teatro acolhe no salão cidadãos dos segmentos mais vulneráveis ​​da sociedade, graças à generosidade da família de Bono Lopera, o sócio fundador do Teatro Regio que comprou os bilhetes. “Estou bem ciente da situação difícil que mesmo uma instituição cultural de prestígio como o Teatro Reggio tem que enfrentar em tempos difíceis e incertos. Podemos tentar enfrentá-los, prendendo-nos no ouriço, tentando parar os problemas jogando na defesa, ou podemos enfrentá-los abrindo nossos corações e mentes e olhando para o futuro com olhos impregnados de solidariedade e fraternidade – escreve o Arcebispo em uma carta ao Comissário Extraordinário Del Reggio, Rosanna Portia. “É a escolha que quis fazer através do gesto de disponibilidade e do trabalho que me submeti para encontrar os recursos necessários e torná-los eficazes”.

“A beleza e a arte são tesouros culturais que pertencem a todos, até os pobres deveriam poder desfrutá-las – responde La Purchia. Temos a sorte de trabalhar na“ fábrica dos sonhos ”e sentimos nosso exato dever de compartilhar os frutos de nosso empolgante trabalho com todos os nossos cidadãos, especialmente os menos afortunados, abrindo uma janela de Solidariedade com eles ».

READ  O Reino Unido abre a lista internacional "verde"