Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Parece incrível, mas essa gordura protege o coração e reduz o risco de demência

Não é fácil de acreditar, mas nossas avós provavelmente estavam certas ao dizer que um pouco de gordura é sempre uma coisa boa. O importante é que as gorduras estejam corretas. A confirmação dessa crença popular vem da ciência. Um estudo americano muito recente descobriu as propriedades da gordura bege, uma das três encontradas no corpo, para prevenir algumas doenças muito graves. Parece incrível, mas essa gordura protege o coração e reduz o risco de demência. Vamos ver por que e quais são os benefícios para o corpo.

3 tipos de gordura corporal

Nosso corpo contém três tipos diferentes de tecido adiposo. O primeiro e mais comum é a gordura branca. As células que o compõem são os adipócitos brancos e servem como verdadeiro reservatório de energia para o corpo. Eles determinam o peso e o físico do corpo e quando o número se torna excessivo, eles causam os problemas de sobrepeso e obesidade.

Por outro lado, a gordura marrom está menos presente e tem a função de manter a temperatura corporal constante. Os adipócitos marrons são encontrados na região do pescoço e tendem a diminuir em número com a idade. É por isso que nós, como adultos, somos mais sensíveis às mudanças no frio e na temperatura.

A ciência descobriu recentemente um terceiro tipo de gordura, que é bege. Podemos encontrá-lo dentro da gordura branca e tem uma função essencial: livrar-se da gordura acumulada com os alimentos. Tudo isso graças a um hormônio relacionado ao tecido muscular, a irisina, que converte a gordura branca em bege. Mas esse não é o único benefício que pode trazer à nossa saúde.

Parece incrível, mas essa gordura protege o coração e reduz o risco de demência

pesquisa científica moderna Mostre duas outras propriedades surpreendentes da graxa bege. O primeiro é seu efeito protetor nas células do coração. De acordo com um estudo publicado na Nature, aqueles com gorduras bege mais altas têm menos probabilidade de desenvolver diabetes e colesterol alto. Acima de tudo, doença arterial coronariana e insuficiência cardíaca.

READ  China, criou um protótipo de refrigerante próximo do zero absoluto - da China

A segunda propriedade é o efeito protetor da gordura bege nas células cerebrais. Conhecer um grupo de pesquisadores da Universidade Augusta. De acordo com o último estudo, a gordura bege provoca uma reação antiinflamatória nas células do sistema nervoso e nas meninges. Assim, reduz o risco de demência. A pesquisa ainda está em fase experimental, mas se mostra promissora no futuro para o tratamento de doenças neurodegenerativas como Alzheimer e Parkinson.

aprofundar

Veja como reconhecer os sinais que nos indicam que corremos o risco de desenvolver demência

(Lembramos que você deve ler atentamente os avisos neste artigo, que podem ser consultados Quem é o”)