Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Neurônios cultivados aprendem a jogar pong mais rápido do que inteligência artificial – Nerd4.life

Um estudo em andamento na Cortical Labs na Austrália mostra como posso neurônios cultivados ser capaz de Aprenda a jogar pong mais rápido que Inteligência artificial, embora os resultados sejam inferiores aos de longo prazo.

Os sujeitos em questão são células do tecido cerebral preservadas em cultura em placas de Petri, por meio de um sistema denominado “DishBrain”, e formam uma espécie de massa cerebral independente, que é criada pela colocação de células-tronco humanas no topo de um arranjo microeletrônico, formando o constituinte células cerebrais de forma a formar um tipo a partir da rede.

Essas células recebem entradas elétricas por meio de eletrodos e foram testadas em um tipo de Pong, o jogo popular da Atari no início dos anos 1970.

De acordo com os resultados da pesquisa, foi descoberto que essas células cerebrais são capazes de aprender a jogar e Pong muito mais rápido do que o sistema de IA: com base nos dados, os neurônios cultivados aprendem a interagir e “brincar” em cerca de 5 minutos, enquanto a IA leva pelo menos 90 minutos para entender como funciona e interagir.

Também é verdade que a IA será mais precisa do que as células cerebrais, uma vez que o mecanismo seja conhecido. O sistema desenvolvido pela Cortical Labs, visível no vídeo acima, permite que isso comunicação elétrica Com essas células, através dos eletrodos que transmitem a localização da “bola”, estimulam-se a resposta dos neurônios correspondentes ao papel da “raquete”, tentando repelir a bola no tempo, assim como no videogame original.

READ  WiLD não cancelado, pode se tornar exclusivo do PS5 - Nerd4.life