Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Luz verde – Allegri deve vencer sem entretenimento… Cristiano Ronaldo Quer voltar a Turim?

Não aguento mais isso, sou honesto… Posso entender as críticas dos fãs que vivem pelo tão amado “bom jogo” (quero saber o que é) mas luto para administrá-lo. Graves acusações contra aqueles que dizem que “a Juventus é o intelectual mais profundo do mundo”. Nesse caso, não adianta criticar o trabalho de Allegri. Na Juventus, como sempre nos lembra o presidente Simo Boniferti, “… o sucesso não é importante, mas apenas importante”. Bem, o que Allegri faz? Ele vence… É bom lembrar que ele não perdeu (por 90 minutos) contra o Atlanta no último dia 27 de novembro. Já alcançou 14 resultados úteis no campeonato, onde depois de uma partida desastrosa, é considerado na corrida pelo Skudeto. Nada mal na Copa da Itália (possivelmente na final) e até na Liga dos Campeões (possivelmente nas quartas de final). Do que exatamente estamos falando?
Ele está jogando mal? E quem se importa… Não gosto da beleza do futebol (também estou no nível de um jogo pessoal), mas fico com Allegri. Com limites de qualidade transparentes (Midfield Midfield) e hospital sempre lotado, Allegri faz maravilhas. Quem pensa que o efeito DV7 é a causa está enganado… claro que a mudança foi feita a nível defensivo. De Lict pegou toda a defesa da Juventus nos ombros e se tornou seu verdadeiro líder. Sem Siellini e com um bônus de meio período, o holandês deu outro salto de qualidade. Ele é a alma da feliz Juventus… Que Deus o salve…
Uma provocação: quer Cristiano Ronaldo de volta? Bom CR7 não é bom. No final do mercado de verão, os portugueses vivem em sonho na sua “amada Manchester”, afastando às pressas a velha. Sem tempestade familiar, o problema se chama Ralph. Não, não é Ralf Supermaxieroe (o ídolo da minha infância), mas sim o muito flexível Ralph Ranknick. O técnico alemão não considerou inicialmente CR7 como o padrinho do clube. Na verdade, se fosse por Rangnik, o ex-atacante da Juventus teria começado do banco… inaceitável para alguém que nem mesmo digeriu os substitutos minutos antes do apito final. Com o seu estatuto de Cristiano Ronaldo, é natural que já tenha decidido fazer as malas no final da época. Posso voltar a Turim? Em três anos, ele marcou 101 gols… na frente dele e Vilahovich, talvez Dibala atrás dele… Eu sei, não confio em você. Desculpe, mas louco por tudo (comédia) …

READ  Ministro do Meio Ambiente afirma que preço da água deve refletir déficit