Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Campanha Regional de Vacinação Infantil do Patrocinador da Infância: “Ouvindo a Ciência”

Um dia festivo foi realizado em barracas do Catar para marcar a abertura da campanha de vacinação voltada para crianças de 5 a 11 anos. Elfos, palhaços e Papai Noel os aguardam com presentes e alegria. Um grupo de voluntários, entre eles a presidente da Viveredonna, Carmen Paradiso, selecionou enfermeiras e pediatras que, graças a uma organização impecável, contribuíram para tornar o momento da vacinação menos traumático ”. Foi o que confirmou a Garantidora Regional da Infância e Adolescência. Vincenzo Giuliano Quem acrescentou: “Devemos ouvir a ciência, porque se ela nos mostra esse caminho não temos autoridade nem qualificação para contestá-la. A Sociedade Italiana de Pediatria (Sip) fez bem em responder a dez das perguntas mais comuns que os pais peça vacinação antiviral nesta faixa etária entre 5 e 11 anos. ”

A proximidade, expressa pelo fiador, tanto para as crianças como para as suas famílias porque “num momento como este – explicou Giuliano – as famílias devem sentir-se apoiadas pelas instituições. A única forma de ultrapassar esta epidemia é adoptar todas as ferramentas que a ciência nos dá. ” “Espero – concluiu o avalista – que no segundo dia de vacinação dos jovens, marcada para 2 de janeiro, haja um comparecimento maior para dar a todos uma chance de voltar à vida normal o mais rápido possível”.

Ontem, 20 de Dezembro, 4,319 vacinações foram administradas com 443,213 residentes de Lausanne que receberam a primeira dose da vacina (80,1 por cento) e 410.709 dos que também recebeu a segunda dose (74,2 por cento) e 125.629 (22,7 por cento) dos pacientes quem recebeu a primeira dose da vacina. Terceira dose para um total de 979.551 de 553.254 residentes (dados do portal italiano Poste).

READ  Variante delta, nova mutação encontrada na Romênia. Virologistas: "A doença agora é mais perigosa"

Um total de 38 pessoas foram hospitalizadas (17 no Hospital San Carlo em Potenza e 21 no Hospital Madonna delle Grazie em Matera). Não há pacientes atualmente em unidades de terapia intensiva.

Também ontem, 1.988 swabs moleculares foram processados ​​para procurar infecção de Covid-19, dos quais 169 (dos 163 swabs relacionados a residentes de Basilicata) foram positivos. No mesmo dia, foram registrados 57 casos de recuperação.

Boletim informativo diário com dados resumidos

Pode interessar a você