Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Seminário Cna Pisa e Câmara de Comércio

Ontem, 25 de novembro, foi realizada uma reunião na Câmara de Comércio de Pisa para falar sobre os novos desafios que afetam cada vez mais o artesanato antigoA partir da revolução tecnológica. O seminário, moderado por Carla Sabatibne, CEO da NKey e designer de roteiros europeus, foi organizado em colaboração com Cna Pisa e que também incluiu Artex, o centro de artes e ofícios tradicionais da Toscana para análise com todos os representantes envolvidos na direção. O mundo dos artesãos e o compromisso assumido em proteger, preservar e valorizar ao mesmo tempo o seu precioso património.

Cna Pisa com NKey recebeu uma delegação de 12 convidados de 6 países europeus (Espanha, Malta, Portugal, Romênia, Inglaterra e Polônia) que tiveram uma visão geral do mundo do artesanato e das iniciativas da associação. Entre eles, destaque especial para encontros dedicados a mestres artesãos em escolas e faculdades, pacotes de passeios vivenciais e workshops dedicados a visitantes e crianças. Reuniões e eventos, recentes, são meticulosamente planejados para evitar desaparecimento Caráter de artesão, ofício milenar e precioso patrimônio cultural de nosso país.

Para elaborar mais especificamente, a empresa de TI Nkey, com sede em Santa Croce, vem compartilhando realidades de artesãos locais no projeto Erasmus + há mais de um ano. Artesão, um grande projeto destinado a promover a literacia empresarial e novas abordagens educativas à informação e às tecnologias digitais adaptadas aos mestres artesãos. No final do encontro, a Cna Pisa manifestou a sua vontade de organizar e criar uma nova mesa empresarial que abranja directamente o tecido do empreendedorismo e consequentemente todos os principais artesãos do território da província.

“Dada a história do artesanato italiano e a riqueza das tradições artesanais, um projeto como o ArITsan nos permitiu trabalhar na região, destacando as reais dificuldades enfrentadas pelos artesãos – comentou Sabrina Perondi, coordenadora do Grêmio Cna Pisa – Cna voltou a as linhas de frente para proteger e preservar suas atividades e as tradições dos ofícios artísticos italianos”.

READ  A inflação passou, o pico na Europa. Mas uma mudança radical do BCE em políticas restritivas ainda é improvável: aqui está o porquê

Palavras confirmadas pela vice-diretora do Cna Pisa, Barbara Carli, também presente na reunião da Câmara de Comércio: “Agradeço a Carla Sabatini da NKey, Elisa Guidi da Artex, Valter Tamburini e a Câmara de Comércio por sediarem este seminário tão interessante. A fragilidade do artesão está na dificuldade de se apresentar no mercado Nele o caráter digital é cada vez maior e em constante mutação. E aí reside o verdadeiro desafio, por vezes complexo, em reconhecer o valor do indivíduo e na transmissão do conhecimento. Utilizando o digital transmitir a importância do próprio talento pode contribuir concretamente para salvar as excelentes atividades do perigo de desaparecimento que as ameaça, circunstância que devemos evitar e que, como associação comercial, tudo faremos para evitar que isso aconteça. se encaixa perfeitamente nesse contexto.”