Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Receitas fiscais e previdenciárias crescem nos primeiros meses de 2021. Aqui está o relatório do MEF.

O Ministério da Economia e Finanças acaba de publicar, no seu sítio na Internet, um relatório sobre a evolução das receitas e contribuições fiscais no período de janeiro a junho de 2021.

O relatório foi elaborado conjuntamente pela Secretaria da Fazenda e pela Secretaria de Contabilidade Geral do Estado e evidencia principalmente um aumento líquido das receitas, de impostos e contribuições. Vamos ver o que é melhor.

Receitas fiscais e previdenciárias de janeiro a junho de 2021

As receitas fiscais e previdenciárias nos primeiros seis meses do ano, de acordo com o relatório do Ministério da Economia e Finanças, apresentaram um crescimento global de 10,2 por cento (+30826 milhões de euros) em relação ao mesmo período do ano passado. Este aumento é atribuído em particular a:

  • Por 11,9 por cento (+23,624 milhões de euros) para aumentar a receita fiscal;
  • 6,8% (+7.202 milhões de euros) de crescimento das receitas de contribuições.

O valor das receitas fiscais inclui também os principais impostos das autarquias e corretivas, pelo que consolida os dados já divulgados com a última nota de 5 de agosto.

Além disso, o Relatório de Receitas Fiscais Internacionais de junho de 2021 também está disponível no site do Ministério das Finanças, que fornece uma análise da evolução das receitas fiscais nos principais países europeus: França, Alemanha, Irlanda, Portugal, Reino Unido e Espanha.

Guias e artigos relacionados

READ  Tramonti, workshops sobre a dieta mediterrânea com alunos do projeto Erasmus +.