Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Ferrero Rocher, a chegada da barra de chocolate: pela primeira vez em outubro – Corriere.it

Depois de entrar no mundo do sorvete embalado, O Grupo Ferrero lançou um novo produto sob a marca Ferrero Rocher e entrou no mercado de barras de chocolate, cujo valor total na Itália é de cerca de 578 milhões de euros.. Os especialistas consideram que é um segmento em constante crescimento no valor de € 439 milhões apenas em ampla distribuição. Deste segmento de mercado, que em 2020 viu 103 variantes nas prateleiras (em termos técnicos, referências), 45% é gerido por apenas dois players. Além da Itália, os novos tablets serão lançados também na Alemanha, Reino Unido, Rússia, Áustria, França, Polônia, Bélgica, Holanda e Luxemburgo, chegando em 2022 na Espanha, Portugal e nos EUA.

pesquisar

O anúncio foi feito por Alba, propriedade da família Ferrero e liderada por Giovanni Ferrero. As três novas referências na Itália serão os sabores chocolate ao leite, chocolate amargo e chocolate branco. Esses são os três segmentos mais demandados pelos consumidores: Como trem de consumo, a escolha número um em 2020 foi o chocolate amargo com 37% de market share, seguido pelo chocolate ao leite (24%) e chocolate branco (4%). Para chegar ao tablet Rocher, Ferrero confirmou que pesquisou inovação de produtos durante anos com uma equipe de 50 pessoas e fez vários testes antes de chegar à receita final. A terceira versão do Rocher, um chocolate que nasceu em 1982 e já há vários meses, também está disponível na forma de sorvete embalado. Ainda no segmento de chocolates, a Ferrero pretende repetir o sucesso do biscoito Nutella, que dobrou a produção na Itália há alguns meses.