Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

É incrível como esta medida diária muito simples reduz o risco de doenças, derrames e ataques cardíacos

A grande notícia na luta contra doenças cardiovasculares, derrame e ataque cardíaco vem da ciência. Isso é confirmado pelos resultados de um longo estudo científico que começou nos anos 90 e foi publicado no Journal of the Heart.
Mais uma vez, a ciência desempenha um papel essencial na melhoria do bem-estar de cada indivíduo.

Por exemplo, um Um estudo recente diz que comer esses alimentos rotineiramente reduz o risco de derrame.

É incrível como esta medida diária muito simples reduz o risco de doenças, derrames e ataques cardíacos

Os benefícios de um banho quente suave na qualidade do sono são bem conhecidos. Mas o que agora está surgindo é que os chuveiros de banheira também parecem afetar o risco de doenças cardiovasculares, incluindo ataque cardíaco, doenças cardíacas e derrame.

A pesquisa científica está disponível para consulta Quem é ocom a participação de cerca de 43.000 pessoas.
Por meio de um questionário, os participantes compartilharam seus hábitos diários. As informações se concentraram principalmente em nutrição, exercícios físicos, possíveis tratamentos com drogas e métodos de limpeza pessoal.

Os participantes foram acompanhados e acompanhados até a morte e o estudo terminou por volta de 2009.

O que a ciência diz?

Basicamente, os cientistas afirmam que, de todos os participantes, cerca de 2.097 sofrem de doenças cardiovasculares. 275 pessoas tiveram ataques cardíacos e 1769 acidentes vasculares cerebrais.
Levando em consideração todos os gatilhos de ataque cardíaco, um número foi digno de nota.
Para aqueles que se permitiam tomar banhos quentes diariamente, o risco de doença cardiovascular foi reduzido em 28%, enquanto o risco de acidente vascular cerebral foi reduzido em 26%.

Análises mais aprofundadas também mostraram que a água morna durante o banho reduziu o risco de doenças cardiovasculares em 26%. Por outro lado, a água quente parece reduzir o risco de doenças em 35%.
Os resultados são explicados pelo fato de que os efeitos do calor da água no corpo parecem ser muito semelhantes aos efeitos do exercício físico.

READ  O mundo está pronto para lidar com a ciência das mudanças climáticas

Portanto, de acordo com este estudo científico, parece que um menor risco de desenvolver hipertensão arterial está associado a banhos frequentes do assoalho pélvico, o que leva a uma redução do risco de doenças cardiovasculares.

É claro que a equipe editorial só tem a possibilidade de relatar o que a ciência tem a oferecer, mas somente médicos especialistas podem esclarecer dúvidas e perplexidades.

Entretanto, podemos dizer que, surpreendentemente, esta medida diária muito simples reduz o risco de doenças, acidente vascular cerebral e ataque cardíaco.

(Lembramos que você deve ler atentamente os avisos neste artigo, que podem ser consultados Quem é o”)