Barcelos na NET

Lista de jornais e sites de notícias portugueses sobre esportes, política, negócios, saúde, empregos, viagens e educação.

Boas práticas entre ciência e turismo – AbruzzoLive


Solmona. O Geoparque da UNESCO Mailla em Verbania está participando do “Sexto Congresso Europeu de Geoparques Globais da UNESCO”, organizado pelo Geoparque da UNESCO Secia Val Grande e está em andamento
Até 30 de setembro. Por ocasião da conferência bienal, os geoparques se reúnem para compartilhar experiências e confrontar-se. Nesta versão, delegações de 92 geoparques de toda a Europa estão presentes no centro de eventos “Il Maggiore” em Verbania.

Entre os temas prioritários: patrimônio geológico e diversidade geográfica como base para ampliar nossa compreensão da Terra e de suas paisagens; Geoturismo, explorando boas práticas e desafios em geoparques; Educação em ciências da terra e engajamento público; O Mundo Após a Pandemia: Conflitos, Solidariedade, Riscos, Resiliência e Oportunidades em Comunidades de Geoparques; Geoparques na era digital, melhor coleta e uso de dados e informações para gestão e comunicação; Património Sustentável: Desenvolver, promover e celebrar os produtos e culturas locais nos geoparques.

Geoparques ambiciosos também participam da apresentação de seus projetos de candidatura. “Este é mais uma vez um momento de confronto muito útil para a estrutura do Parque Nacional Maiella atingir os objetivos exigidos pela UNESCO – comenta o presidente da Fundação Lucio Zazzara – e assim o reconhecimento do parque geológico passa a ser parte integrante da oferta. Turismo Maiella e Abruzzo”.

Para o Parque Mayela – um Geoparque da UNESCO desde abril de 2021 após uma jornada iniciada em 2016 – um representante do Comitê Científico do Parque Mayela e funcionários do Escritório de Promoção e Educação Ambiental do Parque participarão da conferência.