Consultas e exames médicos podem ser consultados pela internet

Consultas e exames médicos podem ser consultados pela internet
5 (100%) 6 votes

Reduzir o número de ausências nas consultas especializadas e exames agendados pelo Sistema de Regulação, o Sisreg. Com essa proposta, a Prefeitura de Manaus recorreu ao uso da tecnologia para assegurar ao usuário mais autonomia para acessar informações sobre a autorização dos agendamentos feitos via Sisreg. Técnicos da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) criaram o aplicativo web “Consulta Sisreg Manaus”, gratuito e sem necessidade de download, lançado na manhã desta quinta-feira, 1º de março, pelo secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.     “Simples e genial. Assim podemos definir essa ferramenta, totalmente desenvolvida pela equipe da Semsa. Seguindo orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto, estamos utilizando essas novas tecnologias para simplificar o atendimento dos nossos usuários. É um sistema de fácil acesso, por meio do qual aquela pessoa que vai à unidade de saúde e precisa requisitar um exame ou uma consulta pelo Sisreg, poderá acompanhar, a qualquer momento, o status desse agendamento”, destacou Magaldi.     Atualmente o paciente é informado por meio de um sistema de mensagens por celular (SMS), indicando que já pode ir até a Unidade de Saúde buscar a autorização com as informações sobre local, data e horário da consulta ou do exame solicitado. O problema é que, em muitos casos, esse sistema não tem conseguido alcançar a todos os usuários, porque muitos trocam o número do telefone e a informação ou não chega ao paciente, ou chega sem tempo hábil para ele se desloque até a Unidade de Saúde para buscar a autorização e realizar a consulta ou exame na data marcada.     Isso acaba gerando um alto índice de ausências, chamadas de absenteísmo, hoje na casa dos 40% em Manaus. Há casos nos quais a pessoa é informada e não comparece, e há os casos de não comparecimento por falta de contato com o paciente. Com o aplicativo, a perspectiva é pela redução do número de faltosos e, consequentemente, melhoria no aproveitamento das vagas ofertadas no Sisreg.     Sisreg  O Sistema de Regulação foi implantado em Manaus no ano de 2009, trabalhando pela organização do fluxo dos pacientes e reorganizando a oferta de serviços de saúde. É informatizado e permite a marcação online de exames e consultas, imediatamente após a solicitação. As unidades de saúde da rede estadual e municipal estão integradas, seja por telefone ou via internet, a um sistema específico – o Sistema de Regulação (Sisreg), desenvolvido pelo Datasus e utilizado em diversas cidades brasileiras.     O Sisreg funciona em Manaus por meio de uma gestão compartilhada entre Semsa e Secretaria de Estado da Saúde (Susam), com uma equipe mista de profissionais do município e do estado.     Tecnologia  O aplicativo “Consulta Sisreg Manaus” foi desenvolvido pelo Departamento de Tecnologia e Informação (DTI), em parceria com a Divisão de Regulação do Departamento de Informação, Controle, Avaliação e Regulação (Dicar) da Semsa, sem custo para os cofres públicos. A consulta poderá ser feita pelo computador, smartphone ou qualquer outro dispositivo com um navegador conectado à internet, bastando acessar o site da Semsa (http://semsa.manaus.am.gov.br) e clicar no banner de Consulta do Sisreg.     No lançamento, o chefe da Divisão de Regulação da Semsa, administrador Marcus Vinícius Brito Martins, fez uma demonstração de como usar o aplicativo. O usuário vai precisar apenas inserir o nome completo ou o número da solicitação, além do nome da Unidade de Saúde solicitante, para identificar, no sistema, se a autorização já está liberada.     “Caso a consulta indique que a solicitação do exame ou consulta foi autorizada, o paciente poderá ir até a Unidade de Saúde solicitante já com a certeza que irá receber as informações necessárias sobre o local e data da realização do procedimento”, destaca Marcus Vinícius.     O aplicativo passou por testes realizados em pequenos grupos, diminuindo possibilidade de erros, e a resposta foi considerada positiva. “O trabalho de desenvolvimento do aplicativo foi iniciado em janeiro deste ano, com o envolvimento de quatro profissionais da Semsa, incluindo programadores e analistas de sistemas do DTI, buscando construir uma ferramenta que vai economizar tempo e oferecer maior precisão de informação ao cidadão”, explica Mário Sérgio Scaramuzzini Torres, mestre em Engenharia de Software e gestor responsável pelos Sistemas de Informação em Saúde do município de Manaus.     A Semsa tem investido cada vez mais no desenvolvimento de aplicativos e sistemas que podem ser usados para apoiar a gestão em saúde, contribuindo com as atividades desempenhadas pelos profissionais do setor.     “O SisFarma, por exemplo, está entre as iniciativas de maior impacto desenvolvidas pelo DTI. Implantado no ano passado, com o apoio desta a secretaria, já dispensou, aproximadamente, 900 mil receitas, sendo destinadas a mais de 350 mil usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Além da economia e agilidade fornecida, estamos trabalhando em oferecer aos cidadãos mais informação e maior facilidade na obtenção de medicamentos nas unidades de saúde”, garante Mário Torres.     Campanha  Para que o usuário possa ter maior compreensão e facilidade no uso do aplicativo web, a Prefeitura de Manaus vai veicular a partir de domingo, 4/3, uma campanha publicitária sobre o assunto. VT nas emissoras de TV, spot nas rádios, anúncios em jornais impressos, LED nas ruas e outras mídias serão usadas para melhor difundir o conteúdo.

Reduzir o número de ausências nas consultas especializadas e exames agendados pelo Sistema de Regulação, o Sisreg. Com essa proposta, a Prefeitura de Manaus recorreu ao uso da tecnologia para assegurar ao usuário mais autonomia para acessar informações sobre a autorização dos agendamentos feitos via Sisreg. Técnicos da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) criaram o aplicativo web “Consulta Sisreg Manaus”, gratuito e sem necessidade de download, lançado na manhã desta quinta-feira, 1º de março, pelo secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

Atualmente o paciente é informado por meio de um sistema de mensagens por celular (SMS), indicando que já pode ir até a Unidade de Saúde buscar a autorização com as informações sobre local, data e horário da consulta ou do exame solicitado. O problema é que, em muitos casos, esse sistema não tem conseguido alcançar a todos os usuários, porque muitos trocam o número do telefone e a informação ou não chega ao paciente, ou chega sem tempo hábil para ele se desloque até a Unidade de Saúde para buscar a autorização e realizar a consulta ou exame na data marcada.

Isso acaba gerando um alto índice de ausências, chamadas de absenteísmo, hoje na casa dos 40% em Manaus. Há casos nos quais a pessoa é informada e não comparece, e há os casos de não comparecimento por falta de contato com o paciente. Com o aplicativo, a perspectiva é pela redução do número de faltosos e, consequentemente, melhoria no aproveitamento das vagas ofertadas no Sisreg.

Sisreg

O Sistema de Regulação foi implantado em Manaus no ano de 2009, trabalhando pela organização do fluxo dos pacientes e reorganizando a oferta de serviços de saúde. É informatizado e permite a marcação online de exames e consultas, imediatamente após a solicitação. As unidades de saúde da rede estadual e municipal estão integradas, seja por telefone ou via internet, a um sistema específico – o Sistema de Regulação (Sisreg), desenvolvido pelo Datasus e utilizado em diversas cidades brasileiras.

O Sisreg funciona em Manaus por meio de uma gestão compartilhada entre Semsa e Secretaria de Estado da Saúde (Susam), com uma equipe mista de profissionais do município e do estado.

Tecnologia

O aplicativo “Consulta Sisreg Manaus” foi desenvolvido pelo Departamento de Tecnologia e Informação (DTI), em parceria com a Divisão de Regulação do Departamento de Informação, Controle, Avaliação e Regulação (Dicar) da Semsa, sem custo para os cofres públicos. A consulta poderá ser feita pelo computador, smartphone ou qualquer outro dispositivo com um navegador conectado à internet, bastando acessar o site da Semsa (http://apps.semsa.manaus.am.gov.br/consultasisreg) e clicar no banner de Consulta do Sisreg.

No lançamento, o chefe da Divisão de Regulação da Semsa, administrador Marcus Vinícius Brito Martins, fez uma demonstração de como usar o aplicativo. O usuário vai precisar apenas inserir o nome completo ou o número da solicitação, além do nome da Unidade de Saúde solicitante, para identificar, no sistema, se a autorização já está liberada.

“Caso a consulta indique que a solicitação do exame ou consulta foi autorizada, o paciente poderá ir até a Unidade de Saúde solicitante já com a certeza que irá receber as informações necessárias sobre o local e data da realização do procedimento”, destaca Marcus Vinícius.

O aplicativo passou por testes realizados em pequenos grupos, diminuindo possibilidade de erros, e a resposta foi considerada positiva. “O trabalho de desenvolvimento do aplicativo foi iniciado em janeiro deste ano, com o envolvimento de quatro profissionais da Semsa, incluindo programadores e analistas de sistemas do DTI, buscando construir uma ferramenta que vai economizar tempo e oferecer maior precisão de informação ao cidadão”, explica Mário Sérgio Scaramuzzini Torres, mestre em Engenharia de Software e gestor responsável pelos Sistemas de Informação em Saúde do município de Manaus.

A Semsa tem investido cada vez mais no desenvolvimento de aplicativos e sistemas que podem ser usados para apoiar a gestão em saúde, contribuindo com as atividades desempenhadas pelos profissionais do setor.

“O SisFarma, por exemplo, está entre as iniciativas de maior impacto desenvolvidas pelo DTI. Implantado no ano passado, com o apoio desta a secretaria, já dispensou, aproximadamente, 900 mil receitas, sendo destinadas a mais de 350 mil usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Além da economia e agilidade fornecida, estamos trabalhando em oferecer aos cidadãos mais informação e maior facilidade na obtenção de medicamentos nas unidades de saúde”, garante Mário Torres.

Campanha

Para que o usuário possa ter maior compreensão e facilidade no uso do aplicativo web, a Prefeitura de Manaus vai veicular a partir de domingo, 4/3, uma campanha publicitária sobre o assunto. VT nas emissoras de TV, spot nas rádios, anúncios em jornais impressos, LED nas ruas e outras mídias serão usadas para melhor difundir o conteúdo.

Notícias Relacionadas

Compartilhar:

Comentários