Integrantes envolvidos em roubo na Agência Bradesco em Novo Airão são presos

Integrantes envolvidos em roubo na Agência Bradesco em Novo Airão são presos
4.8 (95%) 12 votes

Ezequiel Rodrigues Moraes, 40, o “Djan”, e Romadson Dacio Soares, 21, foram presos e apresentados na manhã desta segunda-feira (8) por envolvimento em assalto na agência bancária do município de Novo Airão, em novembro de 2016, além de tentar roubar uma lan house no bairro Raiz, em Manaus, e cometer outros delitos.  Durante coletiva na Delegacia Geral, o delegado do DRCO, Guilherme Torres, informou que no último dia 30 de novembro de 2016, um grupo saiu do porto da Ceasa numa lancha e foi até Novo Airão. Acamparam próximo de um hotel abandonado, onde planejaram o roubo à agência. Eram sete armados com pistola, fuzil e revólveres. Na ocasião, os criminosos levaram cinco pessoas como reféns na fuga.  -PUBLICIDADE- Ainda durante o assalto, houve troca de tiros com a polícia, uma mulher ficou ferida com um tiro na boca e um policial foi baleado no pé. As polícias Civil e Militar foram acionadas e o assalto foi frustrado.  O primeiro a ser preso foi Wendell da Conceição Freitas, o “Popo”, que contou como aconteceu toda a ação do crime. “Djan” estava sendo monitorado e tinha mandado de prisão preventiva em aberto. A dupla foi presa no momento em que se preparava para roubar uma lan house na Raiz.

Ezequiel Rodrigues Moraes, 40, o “Djan”, e Romadson Dacio Soares, 21, foram presos e apresentados na manhã desta segunda-feira (8) por envolvimento em assalto na agência bancária do município de Novo Airão, em novembro de 2016, além de tentar roubar uma lan house no bairro Raiz, em Manaus, e cometer outros delitos.

Durante coletiva na Delegacia Geral, o delegado do DRCO, Guilherme Torres, informou que no último dia 30 de novembro de 2016, um grupo saiu do porto da Ceasa numa lancha e foi até Novo Airão. Acamparam próximo de um hotel abandonado, onde planejaram o roubo à agência. Eram sete armados com pistola, fuzil e revólveres. Na ocasião, os criminosos levaram cinco pessoas como reféns na fuga.

Ainda durante o assalto, houve troca de tiros com a polícia, uma mulher ficou ferida com um tiro na boca e um policial foi baleado no pé. As polícias Civil e Militar foram acionadas e o assalto foi frustrado.

O primeiro a ser preso foi Wendell da Conceição Freitas, o “Popo”, que contou como aconteceu toda a ação do crime. “Djan” estava sendo monitorado e tinha mandado de prisão preventiva em aberto. A dupla foi presa no momento em que se preparava para roubar uma lan house na Raiz.

Notícias Relacionadas

Compartilhar: