Alessandra Campêlo e vereadores querem mutirão de saúde no Médio e Alto Rio Negro

Alessandra Campêlo e vereadores querem mutirão de saúde no Médio e Alto Rio Negro

A realização de um mutirão de saúde nos municípios de São Gabriel da Cachoeira (distante 852 km de Manaus em linha reta), Barcelos (distante 399 km da Capital) e Santa Isabel do Rio Negro (630 km), na região do Alto Rio Negro, começou a ser discutida na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) durante reunião entre a deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB) e vereadores de duas cidades daquela região. O encontro ocorreu na manhã desta segunda-feira (24).

Estiveram com a vice-presidente da Assembleia o presidente da Câmara Municipal de São Gabriel da Cachoeira, vereador Dieckson Diógenes (PR), além do vereador Haroldo Cavalcante (PSL) e a vereadora Jackeline Vieira (PROS). Barcelos foi representado na reunião pelo presidente da câmara, vereador Gleidson Serrão (SD).

A vereadora Jackeline relatou que, em São Gabriel, a questão da saúde da mulher é a pauta mais urgente em debate. Segundo ela, nos três municípios do Alto Rio Negro o Estado ainda não se faz presente com atendimento especializado de ginecologistas e mastologistas com foco no trabalho de prevenção de doenças como câncer de colo de útero e de mama.

A deputada Alessandra prontamente levou os assuntos tratados na reunião ao conhecimento do secretário Executivo Adjunto de Atenção Especializada do Interior, da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Cássio Roberto do Espírito Santo.

“Junto com os vereadores, vamos buscar uma ação do Amazonas Presente, que é um programa em que o Governo leva diversas ações ao interior. O programa foi lançado em Parintins e passou pela região do Baixo Amazonas, e a próxima edição será no Alto Solimões. Conversei com o secretário do Interior e ele já está a par da situação da saúde do Alto Rio Negro e tomando as providências”, disse a deputada Alessandra.

 Audiência pública

A deputada Alessandra se comprometeu a realizar no segundo semestre uma Audiência Pública em São Gabriel, com participação de representantes da população e dos representantes dos municípios que integram o polo do Alto Rio Negro, além das deputadas e dos deputados que compõem a Comissão da Mulher da Assembleia Legislativa.

“Será a oportunidade de tratarmos das pautas da saúde da mulher e também dos outros problemas que afetam a vida das pessoas naquela região. A ideia é reunir as três câmaras dos municípios do Alto Rio Negro e acredito que dá para fazer essa Audiência Pública em São Gabriel, provavelmente no mês de agosto”, antecipou Alessandra.

Notícias Relacionadas