Voluntários poderão receber por trabalho prestado à Fifa

Os 14 mil voluntários da copa poderão receber salários  pelo trabalho prestado. O pedido consta de uma ação civil pública, movida pelo ministério público do trabalho no Rio de Janeiro, que quer todos os selecionados seja contratado com carteira assinada. O processo foi motivado por uma denuncia e por um manifesto assinado por diversas associações ligadas ao direito do trabalho por professores de universidades públicas e por entidades da sociedade civil.

O motivo são os lucros que a FIFA terá com o evento, considerado astronômicos, fato que contraria a lei 9.608/98 e regula o trabalho voluntário no Brasil. Ao não pagar os voluntários a FIFA vai deixar de gastar pelo menos 10 milhões de reais.

O calculo leva em conta, o salário mínimo no Brasil, a ação também pede que o comitê organizador local pague 20 milhões de reais em indenização por dano moral coletivo. Em nota. COL e FIFA afirmam que o programa de voluntários é essencial para a atmosfera de celebração e de intercâmbio cultural que caracteriza grandes eventos e destacam que esse tipo de trabalho, sempre ocorreu.

[audio:https://barcelosnanet.com/wp-content/uploads/2014/06/140609172723Bol_Joyce_Voluntarios_FIFA-1.mp3]

Notícias Relacionadas