TCE-AM nega recursos dos ex-prefeitos Adail Pinheiro e Joel Lobo

Os ex-prefeitos de Coari e do Careiro, Adail Pinheiro e Joel Lobo, respectivamente, tiveram o provimento de seus recursos negados pelo pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), nesta quinta-feira (22.03). Ainda cabe recurso contra a decisão.

Os dois tentavam reverter decisões desfavoráveis da corte contra eles. Adail teve as contas de 2004 julgadas pelo colegiado, que lhe aplicou multa de R$ 72 mil por diversas irregularidades. O conselheiro Júlio Cabral considerou os argumentos do ex-prefeito insuficientes, além de ex-gestor não ter apresentado documentos que embasassem suas justificativas. A negativa ao recurso foi à unanimidade.

Joel Lobo recorria da decisão do pleno que lhe aplicou sanção, com contratações irregulares em 2002, quando ele administrava o município.

Processos – Na sessão desta quinta-feira, foram julgados, ao todo, 47 processos, entre recursos, contas e tomada de contas. O ex-prefeito de Tonantins, Jorge Amazonas Azevedo, por exemplo, teve as contas consideradas irregulares. O TCE lhe aplicou multa de R$ 99 mil por diversas irregularidades. Na mesma esteira, o ex-prefeito de Japurá, Raimundo Matias, também teve as contas consideradas irregulares e foi multado em R$ 5 mil.

Outro gestor que foi multado e teve as contas reprovadas foi o ex-prefeito de Amaturá, Luiz Perreira. O conselheiro Ari Moutinho apontou diversas irregularidades na prestação de contas e o multou em R$ 17 mil. Tags: TCE Nega COARI,TCE Amazonas,recursos,prefeitos,Adail,Pinheiro,Joel,Lobo

Notícias Relacionadas