Reajuste da tarifa de ônibus em Manaus está ‘em avaliação’

Membros da Prefeitura de Manaus já discutem, internamente, a possibilidade de reajuste da tarifa do transporte coletivo para 2019. Um estudo, inicialmente, deverá envolver duas pastas: a Semef, que analisa o impacto nas contas públicas, e a SMTU, que tem em mãos a planilha de cálculos do sistema. Com base nesses dados, a pasta pode, em tese, propor o valor da tarifa. Ao chefe do Executivo cabe autorizar – ou não – o aumento da passagem de ônibus. 

Prejuízo

À SMTU, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Sinetram) reclama de um déficit de R$ 15 milhões por mês no setor. No próximo mês, completam dois anos em que a tarifa de ônibus em Manaus está congelada em R$ 3,80. 

Ônus

O assunto é tratado com cuidado na Prefeitura de Manaus porque sempre gera desgaste.  Dentro da gestão municipal já há quem sugira que o prefeito Arthur Neto (PSDB) deixe a canetada para o vice, Marcos Rotta.

Comemoração

O deputado estadual Delegado Péricles (PSL) publicou em suas redes sociais uma foto onde aparece fazendo um sinal de arma com as mãos e apoiou o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) nesta terça-feira que facilita a compra de armas. 

Fogos

“Sou favorável às modificações no Estatuto do Desarmamento, pois entendo que o cidadão de bem não pode ficar a mercê de criminosos armados e sem ter como se defender”, disse o Delegado Péricles.

Direito

Ao SIM&NÃO, o deputado federal eleito Alberto Neto, capitão da Polícia Militar, seguiu  a mesma linha de raciocínio.  “Havia critérios subjetivos para a compra de armas. O presidente acabou com isso para que o cidadão de bem seja um aliado do Estado contra os criminosos. É um direito para quem queira”.

Aplicado

Embora assuma a vaga de deputado federal apenas no dia 1º de fevereiro, o delegado Pablo Oliva (PSL) está em Brasília desde o início 
de janeiro. Ele desistiu das férias para aprender mais sobre o funcionamento da Câmara Federal. Como ainda não assumiu o cargo, está bancando do próprio bolso os custos com hospedagem e transporte na capital federal.

Apuração 1

O Ministério Público do Estado (MPE/AM)  dará continuidade às investigações relacionadas a possíveis irregularidades em um convênio entre a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) e o município de Itacoatiara, no valor de R$ 2,5 milhões.

Apuração 2

O convênio foi feito em 2012 e teve como finalidade a recuperação do sistema viário de Itacoatiara. O promotor de justiça Marcelo Augusto de Almeida enviou uma requisição à Prefeitura do município, que foi recebida no dia 16 de maio de 2018, e até hoje não foi respondida. Por isso, ele mandou prorrogar o prazo do inquérito.

Habitação

O prefeito Arthur Neto assinou o decreto que cria um loteamento no bairro Santa Etelvina, Zona Norte, para a execução do projeto “Residencial Cidadão Manauara – Etapa B”. A iniciativa tem como fim a construção de unidades habitacionais em área total de 13.883 m², além de um sistema viário, área de preservação e equipamentos comunitários.

Fonte: Acrítica

Notícias Relacionadas