Polícia prende suspeitos do roubo de R$ 200 mil de comerciante em São Gabriel da Cachoeira-AM

Polícia prende suspeitos do roubo de R$ 200 mil de comerciante em São Gabriel da Cachoeira-AM
5 (100%) 7 votes

A Polícia prendeu em São Gabriel da Cachoeira, interior do Amazonas, quatro pessoas e apreendeu cerca de R$ 200 mil que estavam enterrados em uma área da estrada de acesso à base aérea do município, segundo informou a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP), neste sábado (18). De acordo com a polícia, o grupo havia assaltado um comércio e roubado dinheiro que estava em um cofre.

De acordo com a SSP-AM, o crime ocorreu no dia 10, e os suspeitos foram localizados após uma operação desencadeada na cidade. O último suspeito de envolvimento no caso foi preso na sexta-feira (17).

Os suspeitos invadiram o estabelecimento comercial e anunciaram o assalto. Os criminosos arrombaram o cofre. Além do dinheiro, eles também levaram joias e um aparelho DVR. Depois do crime, o proprietário do local acionou a polícia.

“As equipes solicitaram aos vizinhos que disponibilizassem as imagens de suas câmeras, com isso foi possível identificar o rosto do infrator de nacionalidade peruana e foragido da justiça, assim como, a moto utilizada na fuga”, informou a polícia.

A partir da prisão do homem, a polícia identificou um segundo envolvido, um comerciante e residente na cidade há aproximadamente 4 anos. Ele seria o responsável pelas informações e pelo aluguel da motocicleta, que foi preso em sua loja. Também foi preso um terceiro autor, reincidente no crime de furto em outras cidades do estado do Amazonas e Pará.

Dois dos envolvidos haviam fugido para o município em uma lancha, que foi abordada no município de Barcelos, onde ambos foram presos em cumprimento ao mandado de prisão. Após a detenção, eles foram transferidos para São Gabriel.

“Após o retorno a São Gabriel da Cachoeira, os infratores informaram o local onde haviam enterrado, segundo eles, a parte que lhes cabia no furto, indicando a estrada de acesso à base aérea de São Gabriel, cerca de 10 metros mata adentro, onde foram encontrados enterrados dois pacotes envoltos em fita plástica e papelão. Em seguida, indicaram o local onde haviam descartado o DVR (dispositivo que armazena as gravações das câmeras de circuito interno), sendo este localizado num matagal de difícil acesso próximo à base da marinha”, disse a polícia.

 

Notícias Relacionadas

Compartilhar:

Comentários