Secretaria de Segurança lança aplicativo para combater assaltos a ônibus

Secretaria de Segurança lança aplicativo para combater assaltos a ônibus
5 (100%) 1 vote

Secretaria de Segurança lança aplicativo para combater assaltos a ônibus

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) lançou, nesta quinta-feira (05/04), o aplicativo “Aviso Polícia” para acionamento emergencial em casos de assaltos a ônibus. Em ocorrências dentro de coletivos ou rotas, a população poderá informar a polícia, imediatamente, por meio do aplicativo em um smartphone, com o rastreamento imediato do aparelho.

O aplicativo irá contribuir com o atendimento do 190 e estará em funcionamento em todas as zonas geográficas de Manaus. Por meio do aplicativo, controladores do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) monitorarão, em tempo real, as ocorrências realizadas pelo aplicativo como, por exemplo, o tempo de atendimento.

O vice-governador e secretário de Segurança, Bosco Saraiva, destaca que o aplicativo foi desenvolvido pelo setor de tecnologia da informação da SSP-AM, sem a necessidade de novos investimentos financeiros. “Nós temos muita esperança que essa iniciativa possa diminuir os números de roubos a coletivos. Isso é o início de um trabalho de desenvolvimento tecnológico que mais para frente irá abranger outras ocorrências”, disse o vice-governador.

Planejamento estratégico – O lançamento foi realizado no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), localizado na Avenida André Araújo, 1422 – Petrópolis. A implantação da tecnologia é uma determinação do governador do Amazonas, Amazonino Mendes, e coordenada pelo vice-governador e secretário de segurança, Bosco Saraiva. A ação faz parte do planejamento estratégico de modernização do sistema de segurança do Amazonas. O objetivo é facilitar o atendimento à população durante ocorrências policiais, além de garantir à SSP um maior conhecimento sobre as ações policiais.

Para utilizar a tecnologia a população deve baixar o aplicativo no seu smartphone que já está disponível na Google Play com o nome “Aviso Polícia”. Inicialmente apenas celulares com o sistema Android poderão utilizar a ferramenta, mas, posteriormente, também estará disponível para aparelhos com o sistema iOS.

O secretário executivo adjunto do CICC, coronel Fábio Pacheco, ressaltou que os monitoradores do CICC e do 190 foram capacitados para otimizar o atendimento policial. “Com o apoio de analistas criminais, o Centro Integrado de Comando e Controle realizará o cruzamento de informações para acompanhamento e principalmente a execução na condução de um eventual infrator. Isso irá nos levar para desvendar determinados fatos delituosos”, reforçou Pacheco.

Cadastro – Após baixar o aplicativo, o usuário realiza um cadastro prévio com nome, telefone, e-mail e endereço. Efetuado o cadastro, a população poderá acionar a polícia em caso de ocorrências policiais. A SSP-AM ressalta que, durante a ocorrência, o celular do usuário será monitorado para contribuir com o atendimento, mas após a finalização do atendimento o monitoramento será encerrado. O aparelho será rastreado via GPS.

Atendimento – A ocorrência solicitada pelo “Aviso Polícia” chegará a base de informações do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). As viaturas da região da ocorrência também receberão o informe e serão direcionadas para o atendimento imediato. O controle do

atendimento é feito diretamente no CICC, onde os atendentes poderão auxiliar a viatura em campo a chegar até o ponto da ocorrência, caso haja alguma dificuldade.

Os controladores são os mesmos que trabalham no atendimento do 190. Da tela de controle do CICC, será possível acompanhar tanto o ponto onde o socorro foi solicitado quanto o deslocamento da viatura, em tempo real, até o lugar.

O coordenador de tecnologia da SSP-AM, Luciano Santos, destaca que o aplicativo contempla a versão da população e a versão que estará embarcada nas viaturas policiais de atendimento. Segundo Luciano, uma equipe de Tecnologia da Informação (TI) acompanhará os atendimentos durante 24h para resolver qualquer problema que possa acontecer com o processamento de dados do sistema. “Através desse aplicativo o policial irá rastrear a ocorrência e se deslocar com mais rapidez até chegar a ocorrência”, acrescentou.

A versão lançada nesta quinta-feira é a primeira do aplicativo. Em uma outra fase, que já está em estudo, a expectativa é ampliar o leque de possibilidades de atendimento à população, permitindo o pedido de socorro para assaltos em geral, notificação de homicídios e outros crimes.

Compartilhar: