Governo do Estado e Ministério do Desenvolvimento Social discutem ampliação do Programa de Aquisição de Alimentos no Amazonas

Avalie este post
  A ampliação do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) no Amazonas é o tema da reunião entre Governo do Estado e Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), que acontece nos dias 17 e 18 de maio. O evento terá a participação da equipe do governo do Amazonas, dos representantes de prefeituras municipais, associação de municípios e das entidades de classe rural.
O PAA está inserido dentro do Programa Brasil sem Miséria e vai beneficiar 2.683 pessoas em 17 municípios. São 683 agricultores familiares e 2 mil pessoas ligadas a entidades filantrópicas em situação de vulnerabilidade social no período de 24 meses. A primeira etapa tem  como meta a compra direta local da agricultura familiar de 855 toneladas de alimentos nos seguintes municípios: Carauari, Guajará, Ipixuna, Benjamim Constant, Atalaia do Norte, Tabatinga, Tefé, Alvarães, Uarini, Japurá, Boca do Acre, Pauini, São Gabriel da Cachoeira, Barcelos, Santa Izabel do Rio Negro, Manaus e Novo Airão.
De acordo com o secretário de Produção Rural, Eron Bezerra, na etapa seguinte não haverá limite de investimento. “Será de acordo com a quantidade de alimentos produzidos”, disse.
Pobreza no Amazonas
Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o Amazonas ocupa o 9º lugar no ranking da pobreza brasileira, com 4% (648.694) dos miseráveis, segundo da região Norte, atrás do Pará com 8,8% (1.432.188). Manaus detém 2%, isto é, a metade dos pobres do Amazonas.

Notícias Relacionadas